ANÁLISE E AVALIAÇÃO Botafogo 0 X 0 Portuguesa.

0
178

Diego Cavalieri – (Fez duas grandes defesas que garantiram a classificação do time.) Nota – 8

Fernando – (Matou todas as jogadas que tentou ofensivamente e deixava buracos no setor defensivo) – 2.5

M. Benevenuto – (Seguro o jogo inteiro e ainda aparecia no meio campo para tentar ajudar na criação com passes verticais.) Nota – 7

Kanu – (Muito nervoso no primeiro tempo, reclamava o tempo todo com o árbitro e errou alguns passes bobos na defesa.
No segundo tempo se acalmou e não comprometeu) Nota – 4.5

Guilherme Santos – (Ia muito ao apoio mas sem sucesso nenhum porem deixava enormes buracos em seu setor defensivo que eram aproveitados pelo adversário.) Nota – 3

Caio Alexandre – (Distribuía bem o jogo e tentava criar alternativas com seus passes verticais. Cansou na etapa final e caiu de produção.) Nota – 6

Honda – (Muito bem marcado assim como todo o setor do meio campo. Quase não teve espaço para jogar, buscava alternativas recuando um pouco para ajudar o Caio na iniciação das jogadas.) Nota – 5.5

Bruno Nazário – (Mesmo caso do Honda. Com o adversário povoando o meio de campo e o péssimo estado do gramado era difícil jogar por ali, buscava alternativas na movimentação e infiltração na área adversária mas não teve muito sucesso.)
Nota – 5

Luiz Fernando – (Fezia bem o área a área e botou uma das três bolas que tivemos no primeiro tempo na trave.) Nota – 6.5

Luiz Henrique – (Isolado na extrema esquerda esteve apagado no primeiro tempo. No segundo tempo ajustou melhor a posição e passou aparecer mais para o jogo mas sem protagonismo dessa vez.) Nota – 5

Pedro Raul – (Se movimentava bem e dava bastante alternativas para seus companheiros, teve um pouco de azar nas conclusões com duas bolas na trave.) Nota – 7.5

SUBSTITUTOS

Barrandeguy – (Entrou para conserta o setor e não comprometeu.) Nota – 4

Cortez – (Entrou para dar mais opções na criação das jogadas mas como era difícil jogar por ali tbm não teve sucesso.) Nota – 3.5

Alex Santana – (Entrou para suprir o cansaço de seu companheiro de posição. Com os adversários já cansados tentava alternativa nas suas arrancadas mas tbm sem sucesso.) Nota – 3.5

Ênio – (Primeiros minutos como profissional, mostrou personalidade. Mesmo com poucos minutos em campo buscava o jogo o tempo inteiro.) Nota – 4

MELHOR EM CAMPO – Diego Cavalieri

PIOR EM CAMPO – Fernando

Análise e avaliação: Cristiano Leite.

Rio de Janeiro 01/07/2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui