A venda do Botafogo: por que não devemos estar eufóricos?

0
1607

Num primeiro momento, a eminente venda surge como a única solução para sanar as dívidas que o clube possui. Isso significa dizer que, através dessa possibilidade, o clube poderá retornar ao cenário de protagonismo outrora gozado por ele.

Outro fato que coloca a todos esperançosos diz respeito a possibilidade de ter um bom elenco. É bem verdade que esse fator virá com o tempo, e a curto prazo esse será o ponto com menor impacto dentro do clube. Afinal, esse movimento de venda requer uma capacitação dos profissionais que estiverem presentes no cotidiano do clube.

A venda por si só não significa solução para o clube. É preciso ir além desse passo, importante, mas que sozinho não resolverá as pendências e deficiências do clube. Reitero meu apelo a necessidade de profissionalização da gestão do clube. Não há mais espaço para “cartola”.

É preciso, a priori, contermos a euforia. O primeiro passo foi dado. Aguardemos os próximos. Pois, tem coisas que só acontecem com o Botafogo…

Portanto, toda cautela é pouca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui