Anderson Barros processa Botafogo por dívida. Clube pode ter penhora de receitas

0
121

Anderson Barros, atual diretor executivo do Palmeiras, entrou na Justiça contra o Botafogo-RJ, seu ex-clube, e está pedindo o valor de R$ 204.871,28. A pendência financeira é resultado da rescisão contratual.

Os advogados do palmeirense podem entrar com pedido de penhora de algumas receitas, como televisão e patrocínio. Em grave crise financeira e muito perto da Segunda Divisão, o clube de General Severiano pode ter que quitar a dívida em até uma semana.

Barros foi muito criticado por palmeirenses no começo de seu trabalho, mas deu a volta por cima. Com contratações pontuais e assertivas, o dirigente aumentou a economia em relação a salários e custos mensais.

Fonte: Palmeiras On-line

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui