Após Botafogo, Vasco inicia conversas para criar a SAF

    0
    40
    RJ - Rio de Janeiro - 21/03/2021 - CARIOCA 2021, VASCO X BOTAFOGO - Gabriel Pec jogador do Vasco disputa lance com Paulo Victor jogador do Botafogo durante partida no estadio Sao Januario pelo campeonato Carioca 2021. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

    O Vasco da Gama está estudando a Lei da SAF do Futebol que entrou em vigor em agosto de 2021 e já adotada por alguns clubes como Cruzeiro, Botafogo, Coritiba, Chapecoense, América Mineiro, Cuiabá e outros, para muitos é a chance de obter dinheiro novo no mercado, e os vascaínos estão atentos.

    O presidente, Jorge Salgado, abriu rodadas de conversações  com beneméritos, poderes do Vasco, e a oposição também sendo ouvida. Neste domingo uma nota foi divulgada pelo clube explicando esses encontros.

    Confira:

    “O Club de Regatas Vasco da Gama informa que com a evolução dos estudos para a formatação da Sociedade Anônima do Futebol (SAF), o presidente Jorge Salgado iniciou um processo de encontros com lideranças do Clube para tratar do tema.

    No início da tarde da última sexta-feira, 07/01, o presidente teve um encontro com os Grandes Beneméritos José Carlos Osorio e Luiz Manuel Fernandes. Na oportunidade Jorge Salgado fez uma explanação sobre a situação financeira do Clube e sobre os caminhos que estão sendo estudados pela Diretoria Administrativa para a criação da Vasco da Gama SAF e ouviu sugestões e recomendações dos Grande Beneméritos. É consenso que a nova legislação federal que criou a SAF abre oportunidades muito interessantes para os clubes e que o Vasco deve acelerar esses estudos e debatê-los internamente.

    Na tarde da mesma sexta-feira feira, 07/01, o mandatário, acompanhado do 1o Vice-presidente geral do Clube, Carlos Roberto Osorio, recebeu Júlio Brant e Nelson Sendas, do grupo de oposição no CD Sempre Vasco. Na reunião Júlio Brant apresentou um conceito para criação de uma estrutura por ele chamada de “pré-SAF” que, na sua visão, poderia ser um caminho para abrir a possibilidade de um aporte de recursos ao Vasco, oriundo de um grupo de empresários portugueses.

    O presidente apresentou sua visão de que a constituição direta da SAF abriria oportunidades melhores para o clube, com o aporte de recursos mais vultuosos, proveniente de investidores estratégicos, focando no longo prazo. E que, com transparência e diálogo, esse processo poderia ser concluído num prazo adequado para o Vasco. Ficou acordado que a Sempre Vasco irá participar das discussões relativas aos estudos com vistas à formatação da SAF.

    A Diretoria Administrativa permanece aberta a estudar propostas concretas que ajudem o Clube a enfrentar as atuais dificuldades financeiras, assim como construir seu futuro.”

    Fonte: Tupi

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui