Após liberação da Prefeitura, Botafogo x Londrina deverá ser com público

0
61
Botafogo x Macae pelo Campeonato Carioca no Estadio Nilton Santos. 26 de Janeiro de 2020, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. Imagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.

A cidade do Rio é mais uma a definir prazo para a liberação de público nos estádios de futebol em função da vacinação da população contra a Covid-19.

Nesta quarta-feira, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou que os palcos poderão receber público à partir do dia 2 de setembro.

Com isso, os clubes cariocas que disputam as Séries A e B do Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores começam a se programar, assim como seus torcedores.

O Vasco da Gama será o primeiro a ir a campo. No dia 3 de setembro, encara o Brasil de Pelotas em São Januário, pela Série B.

O Flamengo, que busca a liberação do Maracanã antes de setembro, pela autorização atual volta a campo no Rio com sua torcida no dia 5, contra o Atlético-GO, pelo Brasileiro.

No dia 11, o Botafogo encara o Londrina, pela Série B, no estádio Nilton Santos. Já que joga fora de casa na rodada anterior.

O mesmo vale para o Fluminense, que enfrenta o São Paulo no Rio no dia 12, no Maracanã.

Vale lembrar que a CBF prevê a autorização para o retorno do público para o fim de agosto, nas quartas de final da Copa do Brasil. Flamengo, Vasco e Fluminense ainda disputam as oitavas de final.

Pela Libertadores, Flamengo e Fluminense ainda vão a campo em agosto pelas quartas de final. Se não tiver o Maracanã liberado, o clube da Gávea deve jogar em Brasília.

50% e vacinados

Nesse primeiro momento, a ocupação permitida nos estádios será de 50%. No entanto, só terão acesso aos estádios os torcedores que estiveram vacinados com as duas doses da vacina contra a Covid-19, ou a dose única. Paes também afirmou que será obrigatório o uso de máscaras e o distanciamento.

Em outubro está prevista uma segunda fase de flexibilização na cidade, marcada para o dia 17. Nessa etapa, será permitirda a ocupação de 100% dos estádios, ainda mantendo a obrigação dos torcedores estarem com o sistema vacinal completo e com a obrigação do uso de máscaras.

Fonte: Extra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui