As primeiras semanas de Autuori no Botafogo: técnico dá treinos longos e foca em parte defensiva

0
4478

Paulo Autuori foi apresentado no Botafogo no dia 13 de fevereiro. Passados pouco mais de 15 dias desde que assumiu o comando do elenco alvinegro já é possível perceber algumas diferenças em relação ao trabalho de Alberto Valentim. A principal delas é a duração dos treinos: o novo técnico prefere atividades mais longas.

Enquanto Valentim costumava orientar treinos mais curtos, porém de muita intensidade, Autuori prefere treinos que se estendem um pouco mais e duram cerca de duas horas, mas também em ritmo bom.

O que há em comum é que ambos estão abertos a escutar os jogadores e têm claro o que gostam e o que esperam dos atletas, fazendo com que eles consigam entender.

– Essa quebra de processo fica muito confusa para o jogador. Estou à disposição para dar continuidade (ao trabalho de Valentim) e somar. É muito pouco tempo. Temos uma competição e precisamos de resultados. Deu tempo de passar algumas coisas e vamos tentar apresentar – disse Autuori em entrevista coletiva na última sexta-feira.

Quando Valentim chegou ao Botafogo, em outubro de 2019, ele tinha como principal objetivo verticalizar o jogo alvinegro, por isso apostou nas jogadas ofensivas. Autuori tem feito o oposto nesse início de trabalho: a prioridade do novo comandante tem sido o setor defensivo.

Mas, apesar de inicialmente não dar tanto foco em padrões de ataque, o treinador tem falado sobre o que espera dos homens de frente. Após o jogo contra o Náutico, por exemplo, selecionou alguns lances para exibir aos jogadores e mostrar o que espera que melhore e o que foi aprovado. Aos jornalistas, ele destacou o que quer em campo: mais criatividade e coragem.

– O erro na finalização é resultado de uma série de fatores. Não é só ir para o campo e rolar a bola para finalizar. Tem um contexto do jogo, a parte emocional… Alguns jogadores sentem mais, outros menos. Peço a eles coragem de tentar algo diferente, correr riscos – completou.

Outra característica diferente entre os dois técnicos é a energia durante os treinos. Valentim era visto com frequência correndo junto com os jogadores e rodando o campo todo em cima dos lances. Autuori tem estilo mais sereno e, até pela idade, não é tão enérgico.

Nessas primeiras duas semanas à frente do Botafogo, Autuori comandou a equipe em apenas uma partida: no empate contra o Náutico, pela segunda fase da Copa do Brasil, em que o Alvinegro avançou nos pênaltis. Foi no dia 19 de fevereiro. Mais de dez dias depois, ele tentará colocar um pouco mais da sua cara no time às 19h deste domingo, contra o Boavista, no Nilton Santos, pela estreia da Taça Rio.

Fonte: GE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui