Atacante Diego Souza cobra R$ 3,5 milhões do Botafogo sobre rescisão, salários e 13º não pagos

0
29

O atacante Diego Souza, hoje no Grêmio, entrou com ação trabalhista contra o Botafogo para cobrar, veja só, R$ 3.586.949,14 sobre direitos não recebidos durante e após a sua passagem pelo clube, em 2019.

Defendido pelo advogado Carlos Eduardo Ambiel, uma das cobranças do jogador é que o Botafogo não depositou nenhuma das obrigações firmadas no acordo de rescisão do seu contrato com o clube, assinada em janeiro de 2020.

O Alvinegro aceitou pagar R$ 3,6 milhões ao atacante a título de “cláusula compensatória”, pois seu contrato original tinha a previsão de renovação automática até dezembro de 2021.

Pois esses R$ 3,6 milhões seriam pagos pelo Botafogo em parcelas mensais de R$ 100 mil, de abril de 2020 até março de 2023. O jogador diz que nenhuma mensalidade foi depositada em sua conta.

Somente pela dívida sobre a sua rescisão Diego cobra R$ 1.897.563,17. O restante diz respeito a dois meses de salários atrasados (novembro e dezembro de 2019), além de 13º salário e multas.

Diego disputou 49 partidas com a camisa do Glorioso, tendo feito nove gols. O caso está na 60ª Vara do Trabalho do Rio.

Fonte: Blog do Ancelmo (O Globo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui