Atletas não jogam a toalha: “vamos até o fim”

0
55

O Botafogo está afundado na lanterna e, ontem, diante do Santos, perdeu a quarta partida seguida no Brasileiro. Mas o iminente rebaixamento para a Série B não abala a confiança do goleiro Diego Loureiro. Mesmo sem atuar há dois anos, por falta de oportunidades, ele teve uma tarde de forte emoções na Vila Belmiro, fez grandes defesas e foi um dos destaques do Alvinegro, apesar do revés por 2 a 1 sofrido para o time paulista. 

Após a partida, Diego Loureiro estava abalado com o resultado, mas feliz por ter voltado a entrar em campo e ter ido bem em campo durante os 90 minutos. “É bom passar esse momento depois de dois anos sem jogar. É bom voltar, mas não é o resultado que esperávamos. Vamos até o fim do campeonato buscando o melhor para o clube. Não acho que fizemos um jogo ruim, mas continuaremos trabalhando no dia a dia”, avisou.

Diego Loureiro foi um dos poucos a se salvar na derrota para o Santos. Ele só foi a campo em razão de uma indisposição do goleiro titular, Diego Cavalieri, ainda no hotel em que o Botafogo estava concentrado, horas antes do jogo, mas deu conta do recado: fez ao menos três belas defesas, duas delas em cobranças de falta de Marinho, e impediu um placar mais dilatado a favor dos donos da casa.

O Botafogo volta a campo na quarta-feira, contra o Atlético-GO, às 17h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, e Cavalieri deverá estar de volta à meta alvinegra. Nada que abale a confiança de Diego Loureiro, que estará a postos para ajudar o time, caso seja novamente escalado pelo técnico Eduardo Barroca.

Fonte: O Dia

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui