Barroca diz ainda crer em salvação do Botafogo: ‘Vou trabalhar no meu limite’

0
132

Em último lugar no Brasileiro, a nove pontos de sair da zona de rebaixamento, faltando apenas oito jogos, a situação do Botafogo é dramática. Apesar disso, Eduardo Barroca ainda acredita. Após a derrota contra o Santos, o treinador afirmou que irá lutar até o fim para manter o Glorioso na Série A.

“Eu, como treinador do Botafogo, sem sombra de dúvidas ainda acredito na permanência. Enquanto eu sair de casa pra ir trabalhar e matematicamente for possível, eu vou lutar com todas as minhas forças. Sei da dificuldade, não engano torcedor, a gente vai precisar trabalhar num nível alto de excelência nesse momento adverso, mas sendo possível eu vou trabalhar no meu limite e tentar tirar o máximo de cada jogador individualmente e da equipe coletivamente”, afirmou.

Na opinião do treinador, mais importante que a questão psicológica neste momento complicado é necessário que o grupo alvinegro mostre coragem para encarar uma situação tão delicada no Brasileiro.

“Mais do que trabalhar o psicológico, é muito importante ter o diagnóstico de personalidade e coragem de cada um de nós. É um momento que estou bastante atento a quem me dá esse tipo de sinal, de regularidade dentro de campo nos momentos de adversidade. Tento encontrar no grupo aqueles jogadores que me dão encorajamento para enfrentar adversidade, personalidade e capacidade de fazer bom jogo mesmo nesse momento adverso. É um momento para pessoas corajosas, pra gente encarar de frente, assumir responsabilidades, trabalhar no limite, se cobrar muito forte”, disse.

Sobre a atuação contra o Santos, Barroca reconheceu a superioridade do rival, mas afirmou que o Botafogo também teve os seus momentos positivos na partida.

“Acho que o Santos teve mais a bola, conseguiu finalizar mais, teve mais escanteios que a gente, mas a gente se defendeu bem e teve diversas oportunidades de transição. Tivemos espaço pra aproveitar e não conseguimos ter a qualidade e clareza para definir melhor as jogadas, e isso nos custou caro. Muito importante que a gente consiga se manter em nível alto até o final, precisamos aprender mais uma vez a lição. Temos que saber que cada um de nós tem que entregar seu melhor para o clube nesse momento”, concluiu.

Fonte: O Dia

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui