Botafogo: a história de José Lucas, que aos 6 anos recusou o Flamengo por amor ao Glorioso

0
62
jose lucas

Não escolho, fui escolhido“. A frase de uma das famosas canções entoada pela torcida do Botafogo personifica o pequeno José Lucas, de 6 anos. Filho de pais torcedores do Flamengo, o menino recusou o Rubro-Negro para enxergar a vida em preto e branco e viralizou nas redes sociais na última segunda-feira (15) após o acesso do Glorioso à Série A.

Em entrevista ao ESPN.com.brFernanda, mãe de José Lucas, revelou que a influência veio de Fernando, tio do menino. Foi pelo irmão dela que o garoto se apaixonou pelo Alvinegro da Estrela Solitária.

“A paixão do José surgiu pelo meu irmão, Fernando. Meu irmão foi influenciado pelo meu tio, que já é falecido. Desde pequeno o meu tio influenciava ele. Quando eu tive o meu filho, o meu irmão era menor de idade, eu e meu esposo íamos trabalhar e deixávamos o José com o Fernando. Ele, doente pelo Botafogo, assistia aos jogos, o José, automaticamente, também via. E o Nando foi influenciando ele, mostrando os jogos. O Fernando ia a todos os jogos no Nilton Santos, trazia copos, lembranças, e o José foi criando uma paixão”, começou por afirmar.

Se por um lado Fernando influenciava com o Botafogo, Gabriel, pai de José Lucas e Rubro-Negro fanático, fazia de tudo para que o filho fosse flamenguista. Teve roupinha, chupeta, macacão e até camisa do clube da Gávea. Mas, a paixão do menino era mesmo o Glorioso.

O pai dele é flamenguista fanático, doente, de ir para tudo quanto é jogo no MaracanãQuando ele nasceu, a gente comprava roupinha, macacão, chupeta do Flamengo. Tudo era do Flamengo. Quando ele começou a falar que era Botafogo, meu marido falava: ‘Ele é Flamengo, não, José, você é Flamengo’. Falava que ia levar para o Maracanã e ele não aceitava. Aí o Gabriel tinha até comprado uma blusa do Flamengo. Até ele não entender muito bem, ele usava. Depois que começou a entender, ele tirava a blusa e jogava pela janela. Não queria usar a blusa”.

E um momento especial para José Lucas foi a gota d’água para o coração ser tomado de vez pelo Botafogo: a mensagem do atacante Erik, que passou pelo clube de General Severiano entre 2018 e 2019, de aniversário.

“Em um aniversário do José, o Erik mandou um vídeo. Meu irmão conseguiu o contato dele, que mandou um vídeo. Dali ele se encantou mais ainda, não tinha como mais”.

Primeiro jogo no Estádio Nilton Santos

José Lucas viralizou nas redes sociais após a vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Operário e que garantiu o retorno do clube à Série A. No vídeo, o menino de 6 anos se declara ao Glorioso.

E foi aí que o pai do menino deu o braço a torcer. Segundo Fernanda, ao ver o filho emocionado e pulsando com o Nilton Santos lotado, Gabriel afirmou: ‘ele foi escolhido’.

“O meu esposo, até sair esse vídeo do José, até segunda-feira, que o José foi no estádio, eu falava com ele: ‘E aí, o que você acha? O José é Botafogo’. Ele falava: ‘Não, isso é fogo de palha. Quando ele crescer, vai passar’. Quando meu esposo viu ele no estádio, o sentimento dele, a euforia, a emoção, ele falou para mim: ‘É, não… não tem mais jeito, perdemos. Ele não vai voltar atrás não, ele vai ser botafoguense mesmo. Ele foi escolhido’”.

Warley como ídolo e sonho de jogar no Botafogo

José Lucas tem dois sonhos relacionados ao Botafogo: conhecer o ídolo Warley e vestir um dia a camisa alvinegra. Dessa vez, ultrapassando as arquibancadas e chegando aos gramados.

Meu maior sonho é conhecer o Warley. Eu vou ser jogador de futebol. Não vou jogar em nenhum outro time, só no Botafogo”, disse o pequeno botafoguense de 6 anos.

“Outro jogador que ele sempre fala é o Oyama. Ele sempre fala dele”, finalizou Fernanda.

Fonte: ESPN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui