Botafogo cogita mais um zagueiro, mas respeita orçamento e aposta em promessas

0
41

O otimismo com o futuro não faz o Botafogo perder a noção da realidade atual. Enquanto não chegam os dias melhores projetados na Sociedade Anônima do Futebol, o clube trabalha com o que tem para honrar os compromissos e reforçar o time com as investidas permitidas pelo orçamento.

Os cinco nomes praticamente acertados até agora geraram, em parte, críticas de torcedores. Desgaste que o clube calcula ao não desembolsar, desde já, valores que só terá à disposição com o Campeonato Brasileiro mais próximo, quando o faturamento será, de fato, compatível com um clube de Série A.

Nesse meio tempo, o Bota trabalha para não aumentar o aperto financeiro. É preciso honrar os pagamentos aos jogadores e aos acordos feitos com o poder público que impedem a asfixia. Com o início da pré-temporada, o diretor de futebol Eduardo Freeland deu o panorama aos atletas. Explicou o contexto do clube no futebol e fora dele, incluindo notícias sobre a SAF, e deu satisfação sobre as pendências com o elenco.

O pouco apelo das competições dos primeiros meses faz a diretoria optar por proteger mais as contas. No momento, a única maneira vista para fugir disso é o aporte de um investidor. Na próxima semana, o clube espera abrir as portas para John Textor, candidato a assumir 90% da operação da nova empresa alvinegra. O americano pode chegar com um investimento imediato que afrouxaria os cintos, mas ainda é preciso confirmar esse aporte de curto prazo.

Clube avalia zagueiros

Enquanto isso, as contratações ainda são modestas em comparação com o mercado próximo a abril, que é considerado mais quente em General Severiano. O Bota dá preferência para jogadores jovens, com potencial de valorização no mercado. São os casos, principalmente, do volante Breno e dos atacantes Erison e Vinícius Lopes.

Além desses três, o zagueiro Klaus e o volante Fabinho, mais experientes, também estão por detalhes do anúncio. O clube estuda a contratação de mais um zagueiro, e as opções estão abertas. Foram colocados à mesa nomes como Reynaldo, ex-Goiás, Lucão, do CSA, e Luiz Otávio, do Bahia. Algumas consultas não avançam por divergências financeiras, e a diretoria mantém o leque aberto.

Aposta nas promessas

Os garotos da base também são vistos com otimismo, principalmente para o início do Campeonato Carioca. Pode ser um início de ano de afirmação para nomes como Matheus Nascimento, que ganha espaço. Além da grande joia, outras promessas também figuram no elenco profissional, como Igo Gabriel, Juninho, Gabriel Conceição, Vitinho e Rikelmi.

Em pré-temporada, o Botafogo terá ao menos até o dia 26 de janeiro para preparar o time para o Campeonato Carioca. Só que as principais competições do ano começam apenas em abril. O Brasileirão tem a primeira rodada a partir do dia 10, enquanto a terceira fase da Copa do Brasil está marcada no calendário da CBF para o dia 20.

Fonte: ge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui