Botafogo consegue na Justiça penhora de venda de atacante

0
58
Guilherme Santos profetiza
Foto: Vitor Silva

O Botafogo conseguiu uma vitória na Justiça quanto ao recebimento de valores de negociações de seus jogadores. Segundo o GE, o Fogão conseguiu desbloquear cerca de R$  665.715,71 que estavam para serem penhorados para o pagamento de uma dívida.

O Tribunal Regional Federal da Segunda Região (TRF-2) deu a sentença favorável ao clube carioca quanto a esta quantia que teria que receber do Kashiwa Reysol pela negociação do atacante Pedro Raul.  A penhora havia sido pedida pela União, que ainda pode recorrer da sentença favorável ao clube.

A União havia pedido a penhora dos valores para pagar uma dívida chamada ‘dívida de aforamento’ e seria ligada a uma cobrança feita de um terreno litorâneo, segundo uma das advogadas que cuida do caso para o Botafogo.

“Foro é uma espécie de taxa que a União cobra de proprietários de imóveis localizados na região litorânea, isso de acordo com certas medições técnicas que são realizadas pela Secretaria de Patrimônio da União. Quanto à essa decisão do TRF, estamos muito satisfeitos com a anulação da penhora determinada nessa Execução, pois inexiste risco efetivo e de urgência aptos a configurar a medida, tal qual disse o tribunal, é excepcional”, comentou Bárbara Saboia, da Saboia Advogados.

Ao lado de Saboia, Kellen Laboissiere também cuida do caso da penhora dos valores da venda de Pedro Raul pelo Botafogo. Na decisão, o TRF citou os problemas financeiros do Fogão para também justificar a negativa do pedido da penhora feita pela União.

Fonte: Torcedores.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui