Botafogo inspira camisa na Holanda após homenagem norueguesa

0
516

Há exatos cinco anos, o multicampeão holandês Clarence Seedorf desembarcou no Rio de Janeiro para defender o Botafogo. O meia chegou festejado por cerca de 2 mil torcedores e sua recepção repercutiu intensamente na Holanda. Meia década depois, o Glorioso volta a ser moda nos Países Baixos, porém este destaque deve-se a outro ex-jogador alvinegro: Josimar. Mas como assim, Josimar? O LANCE! descobriu uma história daquelas que só o futebol pode proporcionar: a união de diversos povos por meio da paixão pela bola.

Vamos aos fatos. Josimar Higino Pereira, hoje com 55 anos, foi um dos principais jogadores do Botafogo nos anos 80. O lateral-direito chegou à Seleção e disputou a Copa de 1986 como atleta do Glorioso, virando titular a partir do terceiro jogo daquele mundial. Contra a Irlanda do Norte, o lateral foi bem e balançou a rede. Porém, foi no jogo seguinte, nas oitavas diante da Polônia, que ele fez história. Josimar recebeu a bola fora da área, avançou driblando várias vezes e acertou um canhão no ângulo. Uma obra-prima, eleita recentemente pela BBC como o oitavo gol mais bonito das Copas. O golaço ganhou o mundo e o coração de dois noruegueses: Marius Lien e Frode Lia.

Em 2009, Marius Lien e Frode Lia decidiram criar uma revista esportiva mensal em Oslo (NOR) e não houve dúvida na escolha do nome: “Josimar Fotball”. Hoje, a “Josimar” é uma das principais publicações da Noruega (a revista é completamente feita na língua local). E onde a Holanda entra na história?

A “Josimar” tem uma parceria com a camisaria COPA, de Amsterdã (HOL), uma respeitada marca de camisas de futebol na Holanda. Para celebrar esta parceria, foi feita uma ação especial entre a revista e a camisaria. A COPA criou uma camisa em homenagem à revista “Josimar” e aí reaparece o Botafogo. Esta camisa foi inspirada no uniforme do Glorioso, clube defendido por Josimar entre 1982 e 1989. O lançamento da peça aconteceu nesta quarta-feira.

  • A revista norueguesa “Josimar” é uma de nossas parceiras. Parte da nossa colaboração é criar uma camisa de futebol única personalizada para eles. O nome da revista é uma homenagem ao jogador, por essa razão, surgiu a ideia de criar a camisa de futebol deles em um tema inspirado no Botafogo. É uma maneira para a revista “Josimar” homenagear o jogador que inspirou o nome dela – disse Osin Peltenburg, gerente de marketing da COPA Football, que explicou como fazer para ter uma camisa “made in Europe” do Botafogo:
  • Não vendemos essa camisa. Você pode ganhar a camisa recrutando três novos assinantes para a revista. Conseguindo, você e os três novos assinantes receberão a camisa.

Marius Lien, um dos fundadores da revista, escreve para a “Josimar” até hoje. Ele é fã do futebol brasileiro e publicou em 2014, na Noruega, o livro “Futebol Brasileiro 1894-2014 – 120 anos de dribles” (“Brasiliansk fotball 1894-2014. 120 år med driblinger”, em norueguês). Em 2018, Marius lançará mais um livro envolvendo o Brasil: “O Milagre em Marselha”, que conta a história da vitória da Noruega por 2 a 1 sobre a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1998.

  • Escrevi um artigo grande sobre a Chapecoense neste inverno europeu e um sobre Sócrates na última edição da “Josimar”. Já estive no Brasil muitas vezes e vou ao país novamente daqui a três semanas, para enriquecer o livro sobre o duelo entre Noruega e Brasil em 98. Esta é vista como a maior vitória em toda a história do esporte norueguês – comentou Marius Lien.

E qual seria o time de Marius Lien no Brasil? A resposta está na ponta da língua:

  • Meu time favorito no Brasil é o Botafogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui