Botafogo precisa vender jogadores e define principais ativos no mercado

0
37

Já com o planejamento em andamento para a próxima temporada, o Botafogo sabe que precisará fazer caixa e uma das saídas está nas negociações de jogadores. A diretoria, inclusive, já tem alguns nomes que acredita que possam ter boas respostas no mercado da bola.

Eduardo Freeland, novo diretor de futebol do Alvinegro, adota cautela na avaliação do elenco, mas sabe que há a possibilidade de ter de abrir mão de peças que estão nos planos por questões financeiras.

Crias da base, os zagueiros Marcelo Benevenuto e Kanu, além do volante Caio Alexandre, são vistos como ativos atraentes. Além disso, sabe-se que o goleiro Gatito Fernández e os atacantes Pedro Raul e Matheus Babi chamam a atenção e podem atrair investimentos.

Há ainda neste radar Matheus Nascimento, de apenas 16 anos, apontado como uma das principais promessas do Glorioso. Ele, inclusive, já está integrado ao elenco profissional e atuou em alguns jogos no Campeonato Brasileiro. O contrato assinado no meio do ano passado prevê multa de 50 milhões de euros (cerca de R$ 329,6 milhões na cotação atual) para o mercado do exterior.

Kanu, recentemente, quase se despediu do clube, mas ficou após as conversas com o Cruz Azul, do México, travarem. Já Babi, recebeu contatos, mas, até o momento, sem

Pedro Raul, por sua vez, já esteve na lista de grandes clubes brasileiros, como Grêmio e Internacional. Além disso, uma negociação envolvendo o jogador pode “livrar” o Botafogo de pegar 1,5 milhão de euros (aproximadamente R$ 9,89 milhões), pela compra dos 70% dos direitos econômicos, como previsto em contrato.

Um dos mais experientes do elenco, Gatito, que se recupera de uma grave lesão no joelho direito, tem vínculo até o fim do ano, mas dificilmente o futuro será em General Severiano.

“Entendemos a expectativa da torcida, mas temos que saber o momento em que estamos. Obviamente, eu já acompanhava os jogos e sabemos de situações mais urgentes. Vamos conversar com todas as partes para tomarmos as melhores decisões com todos que estão envolvidos no processo”, explicou Freeland, que falou também sobre a reformulação no elenco em sua apresentação.

“Nossa intenção é correr contra o tempo, mas acima de tudo, com critérios claros para tomarmos as decisões. Temos que estar muito atentos e vamos buscar minimizar erros no tempo curto para uma montagem de elenco e reestruturação funcional para toda a temporada 2021.”

Fonte: UOL

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui