Botafogo quer integrar Gabriel Conceição, e atacante se vê “preparado para o profissional”

0
42

Seis assistências e 16 gols em 30 jogos. Esta é a marca de Gabriel Conceição na temporada 2021 pelo time sub-20 do Botafogo. Bem avaliado internamente, o centroavante vai se juntar ao time profissional em 2022 após a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O jovem de 20 anos é cotado para preencher as lacunas da posição no próximo ano.

Gabriel foi contratado pelo Botafogo em fevereiro de 2021 com contrato curto, válido somente até o fim desta temporada. Mas, meses depois, o bom trabalho fez o clube alvinegro renovar o vínculo até dezembro de 2024. O primeiro time do centroavante foi o Serrano, em 2017. Dois anos depois chegou ao Fluminense, onde marcou seis gols em 39 jogos.

– As pessoas que mais me incentivam desde o início de tudo são meus pais, acho que sem eles nada do que eu estou vivendo seria possível. Agradeço muito a Deus por eu ter tido a capacidade de mostrar um pouco dos meus recursos e poder entregar uma ótima performance esse ano. Sem dúvidas todo sucesso individual vem de um sucesso coletivo, quero agradecer aos meus companheiros e dizer que sem eles não seria possível – disse Gabriel ao ge.

Inspirado em Ronaldo Fenômeno, um dos maiores atacantes brasileiros de todos os tempos, Gabriel treinou algumas vezes com o time profissional, onde teve a chance de conviver e ouvir conselhos de nomes como Diego Loureiro, Kanu e Rafael Navarro, jogadores da base que alcançaram destaque na equipe principal do Botafogo.

A boa temporada é resultado não apenas do esforço de Gabriel nos treinamentos do time sub-20. O jovem observou que a mudança de hábitos é um ponto comum entre os atletas que subiram de nível no clube. Mesmo após as atividades orientadas pelo técnico Ricardo Resende, o atacante chegava em casa e seguia com trabalhos físicos, de mobilidade e força.

– O meu estilo é mais a força e a explosão, tenho um bom posicionamento e jogadas de infiltração. Mas sou aquele centroavante que pode sair da área e ser mais móvel. O torcedor alvinegro pode esperar de mim muita vontade, comprometimento com o clube e muita competitividade nos jogos. Sempre entregarei tudo de mim. Hoje o meu maior sonho é poder desempenhar o melhor futebol pelo Botafogo.

“Almejo essa oportunidade no profissional e me vejo preparado para os grandes desafios que estão por vir, sigo confiante e com a cabeça boa para quando eu receber a chance poder entregar o que eu tenho de melhor”.

No profissional, Gabriel Conceição vai se sentir acolhido pelos crias da base, que hoje somam mais de dez no time de cima. Além disso, tende a conviver com rostos conhecidos da última temporada, já que a intenção da diretoria é integrar outros jovens da geração 2001, como o meia Juninho e o atacante Rikelmi. O clube ainda tenta manter o goleiro Igo Gabriel, o lateral-direito Vitor Marinho e o meia Vitinho.

Esses jovens serão observados durante a pré-temporada, quando o Botafogo vai definir quem está apto para seguir no elenco. O planejamento do departamento de futebol é contar com três atletas por posição em 2022, sendo o segundo ou terceiro reserva um jogador da base. Caso agrade, Gabriel tem tudo para permanecer com o grupo, já que o clube dificilmente manterá os centroavantes Rafael Navarro e Rafael Moura no próximo ano.

Na expectativa de disputar a Copinha em alta, o Botafogo já está em preparação para o torneio, que tem a primeira rodada prevista para o dia 2 de janeiro. Depois de uma temporada positiva, com final da Copa do Brasil, quartas de final do Brasileirão, semifinal do Campeonato Carioca e título da Copa Rio, o time tem perspectiva de um 2022 ainda melhor.

Fonte: ge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui