Botafogo rema contra as estatísticas e seu próprio futebol para escapar do Z-4

0
72
kalou
Foto: Vitor Silva / Botafogo

Vice-lanterna do Campeonato Brasileiro após o término da 28° rodada, o Botafogo enfrentará quatro de seus concorrentes na briga pela permanência na primeira divisão. A derrota em casa para o Athletico Paranaense na última quarta-feira (6) afundou ainda mais a equipe comandada por Eduardo Barroca no Z-4 do Brasileirão. No próximo domingo (10), o alvinegro inicia sua principal sequência do ano diante do Vasco, primeiro clube da zona, em São Januário.

Com apenas 4 vitórias na competição, o Botafogo vive seu pior momento na temporada e postula-se como a equipe que menos venceu no Campeonato Brasileiro. A sequência de 8 derrotas em 10 rodadas figura o glorioso a 5 pontos de deixar Z-4. Barroca, o sexto técnico a passar por General Severiano na temporada, duela contra as estatísticas para impedir o terceiro rebaixamento do clube. Desde o início do Brasileiro por pontos corridos, em 2003, até 2019, 14 dos 20 clubes que foram treinados por 5 ou mais técnicos ao longo do ano, foram rebaixados ao fim do campeonato.

Nas últimas 10 rodadas, o Botafogo necessita reverter o aproveitamento de 27,3% construídos no Brasileirão, média inferior aos dos anos em que foi rebaixado. Após o Clássico da Amizade, o alvinegro depende de vitórias importantes diante de Sport (14°), Goiás (18°), e Atlético-GO (14°). No primeiro turno, contra esses clubes, a equipe comandada a priori por Paulo Autuori e posteriormente por Bruno Lazaroni e o preparador de goleiros Flavio Tênius, só conseguiu o triunfo contra o Sport, na Ilha do Retiro. Ademais, foram 2 empates e uma derrota diante dessas equipes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui