Botafogo S/A vem quando?

0
92
BOTAFOGO SA

O ano de 2020 começou com a possibilidade do clube passar por uma transformação. Afinal, são anos sem um título de expressão; convivendo com diversos atrasos de salários para jogadores e funcionários; diversos processos; muitos processos. São diferentes situações que impactam a rotina do clube e torcida. Seus torcedores convivem com uma mistura de sentimentos. Ora o anseio por voltar a ser aquele clube que tanto encantou o país, ora a tensão e decepção pela situação. Contudo, a medida que o clube começou o namoro a fim de modificar a realidade do clube, veio a esperança. Esperança por dias melhores. Para ocupar novamente o espaço do qual nunca deveria ter saído.

Mas, por quanto tempo esperar? O processo de transformação do clube não é a curto prazo como poderíamos imaginar. Essas mudanças podem ser vistas até na postura do clube em contratações e também nas rescisões que opta por fazê-las. Externo ao campo, vemos que o clube ainda convive com cenários de dificuldades para equilibrar as contas e honrar os pagamentos dos seus funcionários. Evidente que estamos em um momento atípico. A pandemia veio trazendo uma série de dificuldades para tudo e todos.

No entanto, tivemos uma boa notícia ontem. A possibilidade do desbloqueio de uma receita para quitação dos salários. Cabe agora ao clube prestar todas as informações solicitadas pelo judiciário. Todavia, a pergunta ainda continua. Por quanto tempo esperar?

O torcedor aguarda ansiosamente para ver novamente um clube recheado de craques, de jogadores que honrem a camisa do clube e que tragam novamente as alegrias que o clube acostumou a ter quando tínhamos jogadores como Garrincha, Nilton Santos, Jairzinho, Heleno de Freitas e tantos outros. Ou, em um passado recente, com Jefferson, Gatito, Seedorf*.

A torcida aguarda esta transformação para salvar o clube. Um clube que recentemente foi ultrapassado por Cruzeiro como o maior devedor não pode se contentar em ser grande neste sentido. É preciso mais. É preciso reduzir as dívidas, profissionalizar a sua gestão, ter pessoas competentes e cessar essa politicagem que existe internamente. Muitas vezes, colocando em cargos pessoas incompetentes.

É preciso pensar que a grandeza de um clube não se refere apenas aos títulos dentro de campo. Mas, também naquilo que ele faz fora das quatro linhas. O primeiro passo para retornarmos é profissionalizar a administração do clube. Colocando profissionais que entendam de gestão, de administração e, sobretudo de negociações. Vendemos as nossas jóias abaixo do que realmente valem. Em outros clubes, jogadores como Dória, Vitinho, Gilberto, Igor Rabello e tantos outras negociações.

Por isso, reitero a minha pergunta. Por quanto tempo esperar? Temos urgência!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui