Botafogo ‘traído’, ‘insistir no erro é burrice’ e ‘surpresa’: os bastidores da queda de Ramón Díaz

0
161

Botafogo mandou embora um treinador que não assumiu. É isso mesmo que você está lendo. Ramón Díaz chegou, se apresentou, foi fazer uma cirurgia na Argentina e não vai voltar. O clube anunciou a demissão nesta sexta-feira, após três derrotas sob o comando de seu filho, Emiliano Díaz.

A reportagem da ESPN conversou com um dirigente da alta cúpula alvinegra para entender a troca por Eduardo Barroca, que retorna ao clube. Ele disse que o Botafogo se sentiu traído.

“Quando ele chegou ao Brasil, falou que tinha uma cirurgia. Topamos contratá-lo mesmo assim. Mas não sabíamos que a recuperação poderia ser demorada como está sendo. Nos sentimos enrolados, traídos”, disse a fonte.

Emiliano Díaz, seu filho, que dirigiu o time nas três derrotas, contou outra versão ao jornal “O Globo”. “Estamos todos surpresos. Falamos no primeiro momento, quando assinou o contrato, que o Ramon viria no dia 7 de dezembro. Já estava estipulado assim. Eles mudaram de ideia.”

A versão do Botafogo é diferente, contudo.

“Não foi bem assim. Pode ver que, na apresentação, ele disse que estaria de volta em breve, na semana seguinte. Erramos. Persistir no erro seria burrice”, disse um dirigente ouvido pela reportagem.

Fato é que, agora, o Botafogo tem um treinador presente. Eduardo Barroca volta ao clube depois de deixar o Vitória. Se terá tempo o bastante para trabalhar, só os resultados dirão. A estreia dele será no clássico contra o Flamengo, atual campeão brasileiro.

Fonte: ESPN

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui