Botafogo veta ‘aerofogo digital’ de Kalou para evitar possível aglomeração

0
77

A torcida do Botafogo se acostumou a fazer recepções históricas com suas grandes contratações. Foi assim com Clarence Seedorf e, mais recentemente, com Keisuke Honda. Com o reforço de Salomon Kalou havia a expectativa por nova festa, mas o período de reclusão por conta do coronavírus estragou os planos.

O Botafogo, então, realizou algumas reuniões e decidiu fazer um ‘aerofogo digital’. O evento tinha como objetivo fazer a recepção de Kalou no aeroporto e transmitir ao vivo para os botafoguenses nos canais do clube. Porém, algumas situações foram levantadas e o clube desistiu da ativação.

Para explicar a decisão é preciso voltar no tempo e lembrar a postura adotada pelo Botafogo na volta do futebol. O clube, ao lado do Fluminense, se mostrou contra o retorno precoce do Campeonato Carioca já que considerava muito perigoso colocar em risco a vida de seus atletas e funcionários.

Nesse contexto, o Botafogo ainda acredita que não se deve fazer nenhum tipo de aglomeração. Por mais que o clube tenha pedido para que seus torcedores não fossem ao aeroporto, havia o debate interno de que isso não seria respeitado, o que iria contra o que o Alvinegro defendeu até o presente momento.

Um exemplo claro foi a chegada do técnico do Flamengo Domènec Torrent. Mesmo que tenha sido em pequeno número, alguns torcedores foram ao aeroporto receber o profissional. O Botafogo não gostaria que algo semelhante ou até pior ocorresse com a chegada de Kalou e, portanto, decidiu vetar o ‘aerofogo digital’.

A decisão, no entanto, não significa que não haverá um evento. A ideia é fazer no dia seguinte à chegada, uma apresentação virtual no Nilton Santos. Dessa forma, o Botafogo acredita que terá á ‘festa’ que quer dar a Kalou, mas sem gerar aglomeração.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui