Botafogo vira melhor mandante da Série B com arrancada, mas jogos fora do Rio são desafio

0
52

A vitória por 2 a 0 em cima da Ponte Preta no último domingo e a derrota do Náutico para o Confiança transformaram o Botafogo no melhor mandante da Série B nesta temporada. A arrancada na competição, com quatro vitórias seguidas, sendo três no Nilton Santos, tem muito a ver com a campanha em casa.

A equipe, hoje comandada por Enderson Moreira, tem seis vitórias, um empate e uma derrota quando joga em seu estádio. As únicas vezes que não saiu com os três pontos foi na última partida de Marcelo Chamusca (empate em 3 a 3 com o Cruzeiro) e no último jogo antes do anúncio do atual treinador (derrota por 2 a 0 para o Goiás).

Com 79,17% de aproveitamento, o Botafogo foi o time que conquistou mais pontos em casa em números absolutos, mesmo tendo um jogo a menos que o líder Náutico, e em números relativos. Além disso, tem o segundo melhor ataque em casa (atrás só da equipe pernambucana) com 15 gols marcados e a segunda melhor defesa, empatado com Remo e Vila Nova, com cinco gols sofridos – apenas o Goiás está na frente, que levou apenas um gol. O Botafogo é o time que tem o melhor saldo.

Já como visitante…

Se é o melhor mandante na competição, a coisa muda um pouco de figura quando o Botafogo joga fora dos seus domínios. Com apenas uma vitória, o Bota é o sexto pior visitante nesta Série B. Vale destacar que na única vez que trouxe os três pontos na mala foi no primeiro jogo de Enderson Moreira à frente da equipe: 1 a 0 em cima do Confiança.

O aproveitamento da equipe é de 25% dos pontos conquistados quando joga longe do Rio de Janeiro. O problema não está nem nos gols marcados. Com oito, o Bota tem um desempenho razoável nesse quesito, é o quinto empatado com outros seis times. Mas é a segunda defesa mais vazada, com 13 gols sofridos nos oito jogos disputados.

Desde o início da campanha da Série B, a meta do Botafogo é vencer em casa e pontuar fora. Claro que quanto mais vitórias, melhor. Mas, se conseguir realizar esse número, é suficiente para que a equipe esteja de volta à primeira divisão na próxima temporada. O Operário, próximo adversário, é o nono pior mandante, com quatro vitórias, um empate e três derrotas. A equipe paranaense tem nove gols marcados e 11 sofridos em casa.

A próxima missão do Botafogo é justamente como visitante. Sem Chay, a equipe viajou na última terça-feira para o Paraná, onde enfrentará o Operário na próxima quinta, às 21h30 (de Brasília), pela 17ª rodada. O Bota começou a rodada na oitava colocação, com 25 pontos, enquanto o adversário é o 11º, com um ponto a menos.

Fonte: ge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui