Capacidade reduzida e uso da tecnologia: como a torcida volta aos estádios

0
31
TORCIDA DO BOTAFOGO

Após quase dois anos de incertezas e estádios vazios por causa da pandemia de covid-19, os governos da maioria dos estados autorizaram o retorno das torcidas às arenas — entre os que participam da Série A do Brasileiro, a exceção é a Bahia — e os clubes já se preparam para este reencontro. Com capacidade reduzida de ocupação (entre 30% e 50% do total), valores diferenciados e vantagens especiais para a compra de ingressos, apresentação de carteirinha de vacinação, uso de aplicativos e protocolos sanitários, o futebol brasileiro tenta recuperar aos poucos a normalidade da presença de público.

Alguns, como Flamengo, Atlético-MG, Vasco e Cruzeiro, por exemplo, já tiveram a oportunidade de atuar com o apoio da torcida nesta temporada. Mas para a maioria, uma nova fase começa neste fim de semana.

Cada estado estabeleceu recomendações específicas para o acesso de torcedores e fiscalização do cumprimento dos protocolos de distanciamento social. Alguns clubes ainda não definiram suas regras. Outros já têm tudo estabelecido.

A Confederação Brasileira de Futebol recomenda as seguintes ações:

– Será permitida apenas a presença da torcida do clube mandante a fim de se evitar deslocamentos de torcedores de outras localidades.

– Para a venda de ingressos e o acesso ao estádio, os clubes devem elaborar e apresentar planos operacionais atualizados, já considerando este protocolo.

– O protocolo considera a situação epidemiológica de cada localidade sede dos estádios onde serão realizadas as partidas, sempre em consonância com as autoridades sanitárias locais.

– Seguem em vigor as recomendações de distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos, além da exigência de realização de testes laboratoriais para a detecção da covid-19 e de vacinação plena dos torcedores.

A partir daí, os clubes estabeleceram seus protocolos. Confira as regras elaboradas por cada um:

BOTAFOGO

O Botafogo disponibilizará 4.999 ingressos. Os torcedores deverão comprovar a vacinação e realizar o exame de antígeno de covid-19 em um dos laboratórios credenciados para ter acesso ao estádio.

Pessoas com 50 anos ou mais deverão apresentar comprovante das duas doses ou da dose única de acordo com a vacina tomada. Quem tem até 49 anos deve apresentar comprovante da primeira dose (ou dose única, nos casos indicados pelo fabricante).

Valores dos ingressos

Média em 2019 no Brasileirão: R$ 26

Nesta retomada:

LESTE INFERIOR/NORTE (acesso pelo setor norte)

Sócios-torcedores detentores de “Pacote Temporada 2020 Leste Inferior” e “Ninguém ama como a gente” – Check-in Grátis* Camisa 7 – Plano Glorioso – Check-in Grátis Camisa 7 – Cria+ – Check-in Grátis

Camisa 7 – Plano Alvinegro – R$ 10 Camisa 7 – Plano Preto – R$ 20 Camisa 7 – Plano Branco – R$ 30 Plano Botafogo no Coração – R$ 30

Inteira – R$ 60

Meia – R$ 30

OESTE (Acesso pelo setor oeste) Sócios-Proprietários – Check-in Grátis Sócios-torcedores detentores de “Pacote Temporada 2020 Oeste Inferior” – Check-in Grátis* Camisa 7 – Plano Glorioso – Check-in Grátis Camisa 7 – Cria+ – Check-in Grátis

Camisa 7 – Plano Alvinegro – R$ 20 Camisa 7 – Plano Preto – R$ 60 Camisa 7 – Plano Branco – R$ 80 Plano Botafogo no Coração – R$ 30

Inteira – R$ 160

Meia – R$ 80

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui