Chamusca defende escalação do Botafogo e critica busca por vilão: “Responsabilidade é de todos”

0
53

O técnico Marcelo Chamusca evitou a busca por culpados após a eliminação do Botafogo na Copa do Brasil. Ao repercutir o empate em 1 a 1 com o ABC, em Natal, com derrota nos pênaltis, o treinador defendeu os jogadores e a escalação escolhida para a partida. 

“Acho injusto, em um momento como esse, começar a individualizar e jogar a responsabilidade. Ela é de todos os jogadores e da comissão técnica, e eu assumo a minha parte também”.

Chamusca se referiu às críticas ao volante Luiz Otávio e ao lateral-esquerdo Rafael Carioca, muito criticados pela torcida nas redes sociais. Sobre o jogo, o comandante admitiu que faltou postura melhor, principalmente no primeiro tempo. 

– A eliminação é horrível para todos, péssima em todos os sentidos. Estamos decepcionados. Entramos no jogo com uma rotação muito baixa, demoramos a tomar o controle. O que apresentamos foi muito pouco. No segundo tempo, fizemos alterações e tentamos melhorar, mas só conseguimos empatar no último minuto. Não dá para entrar em um jogo como esse, decisivo, e demorar a entrar no jogo. Isso acarretou na eliminação – analisou o treinador. 

Treinador defendeu trabalho — Foto: Reprodução/Botafogo TV

Treinador defendeu trabalho — Foto: Reprodução/Botafogo TV

Com a derrota nos pênaltis, o time dá adeus à Copa do Brasil e à premiação de R$ 1,7 milhão pelo avanço às quartas de final. A diretoria esperava chegar, pelo menos, até as oitavas de final do torneio, o que daria uma cota total de R$ 6,9 milhões. 

Agora, o clube volta atenções para o Campeonato Carioca, onde a situação também é difícil. Os alvinegros jogam o clássico com o Fluminense no próximo sábado, às 16h (de Brasília), com chance de eliminação ainda na primeira fase. 

Mais respostas de Chamusca

Apoio a Rafael Carioca e Luiz Otávio

A opção pelo Rafael Carioca foi para manter a postura contra o Volta Redonda, que foi boa. A partir do momento que a gente entendeu que o Rafael tinha caído até no aspecto físico, colocou o PV, que é muito bom jogador e também vai ter oportunidades. Podemos entender que o PV é mais interessante em alguma outra situação de jogo e vamos escalar 

Sobre o Luiz Otávio, fizemos dois jogos muito bons quando eu cheguei com o Luiz junto do Pedro Castro. No sábado, deu equilíbrio maior no aspecto defensivo e achamos interessante. Ele ficou uns dias parado por problema médico, mas voltou a treinar e estava apto. Não podemos responsabilizar tudo nas costas de um atleta, o erro faz parte do jogo.

Avaliação do trabalho

Tenho tentado, no pouco tempo que a gente teve, dar um padrão, firmar uma ideia de jogo. Mas temos pouco tempo de treinamento, pouco tempo de preparação. No último jogo, apesar do resultado, apresentamos uma evolução. Mas precisamos ter mais consistência defensiva, controlar mais as fases do jogo. Hoje, esperava que a gente controlasse melhor e fizesse um bom jogo, mas o goleiro deles trabalhou muito pouco. São situações que acontecem em um início de trabalho. 

Reforço para o ataque?

Há dois jogos, criticava-se porque o clube deveria apostar nos jogadores jovens. Agora, há erro de planejamento porque o clube aposta nos jogadores jovens? Tínhamos três jogadores para a posição: Babi, Navarro e Nascimento. Perdemos um e continuamos com os outros dois. Os jogadores da casa estão sendo aproveitados. A gente já está no mercado para buscar um 9 experiente, mais maduro e preparado, com conhecimento da competição que vamos disputar. 

Faltou ritmo para Matheus Nascimento?

Nada a ver uma coisa com outra. Os atletas vêm treinando com o grupo e todos tiveram oportunidades. O Matheus jogou no início, o Navarro ganhou mais chances nos últimos jogos. Ênio jogou, PV jogou. Tentamos dar oportunidade a todos. A questão física faz parte da maturação fisiológica dos jogadores. Principalmente os que vêm da base têm dificuldades de manter o ritmo durante todo o jogo. Acho que não existe planejamento equivocado. O Matheus jogou, correu muito se doou e sentiu uma cãibra. Não tem nada a ver com planejamento. 

Decepção

O resultado era primordial em todos os aspectos, principalmente por essa questão da tabela do Campeonato Carioca. Apostávamos em um jogo bom e o avanço na competição. Estamos muito decepcionados. Vamos recuperar os jogadores porque já tem jogo no sábado de novo. Vamos continuar no processo de construção, que não é fácil. Temos um desgaste muito grande, mas esse é o trabalho do treinador.

Fonte: ge

BATE PAPO PÓS JOGO COM A PARTICIPAÇÃO DA TORCIDA | ASSISTA, DEIXE SEU LIKE E SE INSCREVA NO CANAL


FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui