Chamusca enaltece goleada do Botafogo sobre Macaé: ‘Obrigação era vencer’

0
42

Após a goleada do Botafogo sobre o Macaé, na noite de hoje (25), no encerramento da Taça Guanabara, primeira fase do Campeonato Carioca, o técnico Marcelo Chamusca elogiou a atuação alvinegra e afirmou que havia a obrigação de vencer. O treinador enalteceu ainda o retorno do volante Pedro Castro e avisou que vai iniciar a Taça Rio com os titulares, mas o planejamento para o restante do torneio dependerá das datas em que vão acontecer os jogos.

Com o triunfo, o Glorioso terminou a Taça Guanabara com 15 pontos, na sétima colocação. Na semifinal da Taça Rio, que será disputada entre as equipes que ficaram da quinta à oitava colocação, vai enfrentar o Nova Iguaçu.

“Em relação à mecânica que foi trabalhada durante a semana, fomos muito bem. Os jogadores tiveram, inclusive, uma fidelidade grande. Tivemos, no primeiro tempo, um bom controle do jogo. Foi um jogo em que fizemos 20 finalizações, sendo que acertamos 10 e fizemos quatro gols. A obrigação do Botafogo era vencer e vencer com autoridade, independentemente da fragilidade ou não do adversário. E foi isso que fizemos. Em um momento do segundo tempo perdemos um pouco o controle, mas depois retomamos. O trabalho na semana foi para que a gente tivesse essa imposição, e tivemos, para que pudesse construir e terminar a competição vencendo. Acho que foram muitas coisas positivas”, disse.

O placar foi aberto com um gol do volante Pedro Castro, que voltou ao time após pouco mais de um mês, período em que teve de se recuperar de uma lesão. Chamusca admitiu que a saída do jogador teve relação direta com a queda de rendimento da equipe neste começo de temporada.

“O Pedro Castro encaixou muito bem desde o primeiro jogo. Fez um jogo bem consistente, jogador que tem um bom controle, joga por dentro. Dá muita opção de saída para a linha defensiva e consegue ter ações bem interessantes no último terço do campo. É um jogador que encaixou bem na mecânica da equipe”, afirmou ele, que completou:

“Quando o Pedro machucou, tivemos dificuldades de substituí-lo. Acho que não só na questão ‘posição-função’, como falamos, mas maduro, experiente, que jogou em várias equipes. Isso traz um diferencial para o Botafogo. E eu não acho que é coincidência, não [queda de rendimento após a saída]. E à medida que formos entrosando a equipe, a tendência é que ele até evolua”.

O treinador já havia apontado que utilizaria a Taça Rio para algumas avaliações visando a Série B do Brasileiro. Hoje, ele afirmou que a ideia é que o Glorioso inicie o torneio com o time titular e aguarda definições da Federação de Futebol do Rio (Ferj) para desenhar o planejamento.

“Nossa ideia é utilizar equipe principal para iniciar a competição. O que vai acontecer durante a competição, vai depender do calendário proposto pela federação. Já estamos conversando com a federação para ver a questão das datas. Vamos, semana a semana, com calma, em cima das datas que a federação definir, fazer nosso planejamento, mas o Botafogo tem de jogar qualquer competição para vencer, buscar resultado, mas tudo vai ser feito com calma”, apontou.

Fonte: UOL

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui