Cícero foca em rotina de treinos para inaugurar nova fase na carreira: “Ainda me sinto garoto”

0
125

Desde que deixou o Botafogo no fim de fevereiro, Cícero estabeleceu uma nova rotina, com um foco bem delimitado: a preparação física. Com um cronograma diário de treinamentos, o volante de 36 anos não se enxerga como “vovô” e quer inaugurar uma nova fase na carreira, enquanto aguarda por propostas. 

– Sempre fui muito focado na parte física. Nosso corpo é nosso motor, dependemos dele. Tirei esse tempo só pra mim e faço sessões diárias de treino, na academia, na areia e no gramado. Aos 36 anos, nunca tive um percentual de gordura tão bom, tão baixo, de 5,1%. Quero viver uma nova etapa na minha vida. Ainda me sinto um garoto – afirma. 

Revelado pelo Bahia, Cícero acumula passagens vitoriosas pelo futebol brasileiro: foi campeão da Libertadores e da Recopa pelo Grêmio (2017/2018), da Sul-Americana pelo São Paulo (2012) e da Copa do Brasil pelo Fluminense (2007). No título gremista, em 2017, o volante foi o autor do gol no primeiro jogo da final contra o Lanús (Argentina).

Com 170 gols na carreira e quase 800 jogos disputados, Cícero destaca a importância da multifuncionalidade no futebol moderno. Mais conhecido como volante, o jogador também já atuou como meia, atacante, zagueiro central e ala. 

– Pelas minhas características de jogo, nunca tive dificuldade em me adaptar. Gosto de fazer a função do 8, do segundo homem de meio de campo, mas já joguei em várias outras posições. Acho que o futebol moderno exige isso. Na Europa é muito comum os jogadores fazerem mais de uma função – completa. 

Fonte: ge

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui