Comentarista afirma que há uma distância igual entre Botafogo e Flamengo tanto no profissional quanto no S-17

0
126

São dois gigantes do futebol mundial. Já vestiram suas camisas nomes da relevância no futebol do planeta como Garrincha, Didi, Gérson, Zico, Romário e Ronaldinho Gaúcho.. Hoje vivem realidades opostas, há um pequeno despenhadeiro entre eles. Na elite, o Flamengo é o atual bicampeão do país, enquanto o Botafogo joga a Série B. Na base, no sub-17, os dois jogam o mesmo campeonato Brasileiro, mas enquanto o rubro-negro coleciona conquistas (Copa do Brasil 2018, Brasileiro 2019) e tem 100% de aproveitamento na atual edição (5 vitórias em 5 jogos), o Botafogo não conquista nada há tempos e em 2021 tem 5 jogos sem vitória (um empate e quatro derrotas).

Nesta segunda-feira comentei para o Sportv o clássico entre os dois, pela quinta rodada, no estádio da Gávea. E com a bola rolando, todos esses números foram comprovados com uma baita superioridade técnica do Flamengo. O primeiro tempo foi de um time só. O curioso é que o protagonista dessa etapa foi o goleiro alvinegro Isaque. Aos 14 minutos Petterson arriscou de fora da área. O chute não saiu forte, a bola foi em cima do goleiro. Mas este, surpreendentemente, deixou-a passar sob seu corpo: Flamengo 1 a 0. 

Mas depois, Isaque redimiu-se inteiramente e, com colocação, agilidade e arrojo, fez defesas que impediram uma goleada em apenas 45 minutos. No segundo tempo, o panorama não mudou muito. Apenas o domínio rubro-negro não foi tão flagrante porque o time voltou preguiçoso, indolente, sentado no resultado e na superioridade técnica, e deu ao Botafogo a possibilidade de jogar um pouco. Mas essa “reação” não durou muito, até porque o Alvinegro não tinha capacidade para criar.

Algumas substituições no Flamengo e o foco voltou. E aos 28 minutos, Petterson foi derrubado na área e o árbitro marcou o pênalti. Matheus França bateu bem, Isaque acertou o canto, mas o segundo gol praticamente fechou o jogo. O Botafogo não está matematicamente fora, mas não vai se classificar, melhor usar o restante da primeira fase para aprimorar o time e trabalhar mais intensamente para melhorar o nível da atual geração. O Flamengo não está matematicamente classificado para as quartas-de-final, mas tem 15 pontos e já enfrentou os melhores adversários do grupo (bateu Palmeiras, São Paulo e Grêmio). 

Detalhe: o Botafogo sempre se orgulhou dos craques que cedeu à Seleção Brasileira ao longo de nossa história. Hoje, a seleção sub-17 se prepara para dez dias de treinos em Teresópolis, e convocou jogadores dos dois gigantes: um do Botafogo (Matheus Nascimento, que não jogou o clássico porque é obrigado a ajudar o time profissional) e… quatro do Flamengo (todos em campo na Gávea, o goleiro Dyogo, o lateral Zé Welinton, o meia Matheus Gonçalves e o atacante Matheus França). Até nisso…

Fonte: Ricardo Gonzales – ge

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui