Conheça os novos medalhões e promessas do Botafogo para o ano de 2022

0
33

Prestes a formalizar o primeiro lote de reforços em 2022, o Botafogo estrutura sua força de trabalho com a promessa de tornar possível, além de auxiliar no terreno, se tornar um patrimônio da fundação. A previsão é de que, no início deste ano, um elenco com quase metade dos jogadores atravesse as categorias de base no Alvinegra. 

Até o momento, 15 medalhões da casa foram verificadas por especialistas. A maioria está no XI há algumas temporadas, mas seis novas caras se destacaram na última temporada na base: o goleiro Igo Gabriel, o lateral-direito Vitor Marinho, o meia Juninho, os volantes Vitinho e Rikelmi e o atacante Gabriel Conceição. Conheça os Meninos:

Juninho 

Meia versátil e técnico de 20 anos. Ele teve um 2021 especial para o futebol  e seu senso de liderança. Foi considerado um trunfo importante para o clube tanto que prorrogou o seu contrato até ao final de 2024 com uma multa externa de 50 milhões de euros (mais de 300 milhões de reais). Está no Botafogo desde 2019. 

Igo Gabriel

Goleiro, 20 anos, com a altura de 1,90 m. Ele é novo no clube em 2020 do CSA, mas se destaca em seus reflexos e segurança tanto que esteve no time profissional na temporada passada. Ele tem contrato com o Bota até o final do ano. 

Vitor Marinho 

Ótimo fisicamente e excelente lateral direito. Devido ao seu bom tamanho, também pode ser uma arma interessante em jogos aéreos sejam ofensivos ou defensivos. Ele entrou no casting profissional em 2021 e conseguiu uma nova oportunidade. Recentemente foi contratado definitivamente em Resende. 

Vitinho 

Médio-ofensivo de 20 anos que pode jogar tanto nas laterais como no meio. Ele até ateu alguns minutos no nível profissional em 2021 mas está progredindo muito bem. Ele chega ao Botafogo em 2020 por empréstimo do Resende e certamente foi contratado para esta temporada.

Rikelmi 

20 anos, pequeno, jogador ágil devido à velocidade e habilidade. É dada preferência a jogar pelas laterais. Ingressou no Botafogo desde 2020 quando chegou da Juventus-SP e é outra pessoa que o clube trata com carinho: tem contrato até o final de 2024.  

Gabriel Conceição 

O atacante voltou a ocupar sua vaga nos sub-20 principalmente na ausência de Matheus Nascimento. Marcou 15 gols em 40 partidas em sua primeira temporada pelo clube em 2020. Foi ponta-de-lança se mostrou artilheiro e conquistou a confiança do clube, tanto que estendeu seu contrato por mais três anos.

Fonte: Radar Esportes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui