Conselho Fiscal do Botafogo aprova Plano de Metas de 2022; clube espera terminar ano com superávit

0
43

A temporada 2022 já começou para o Botafogo. O clube planeja terminar o ano com um superávit de praticamente R$ 1,5 milhão, de acordo com os números apresentados no Plano de Metas, documento divulgado na última sexta-feira e aprovado pelo Conselho Fiscal com oito votos favoráveis e duas ausências.

Com o título da Série B e o retorno para a elite do Brasileirão, o Botafogo espera por um natural crescimento nas finanças. O Alvinegro prevê, de forma bruta, que terá R$ 192.876.289 de receitas, enquanto as despesas serão de R$ 191.364.247. Com uma mínima diferença, o superávit seria de R$ 1,5 milhão.

O carro-chefe dos valores é o futebol. O Botafogo colocou que a expectativa é arrecadar, no bruto, R$ 143.133.106 – neste contexto, entram o valor de premiações de competições, dinheiro de bilheteria, vendas de jogadores etc. A partir das despesas esperadas, o lucro do setor seria de R$ 52.163.220.

A parte de negócios, ditada por Lênin Franco, chega em “segundo lugar”. O setor prevê ganhos de R$ 33.958.769, incentivados pelo aumento dos sócios-torcedores no programa “Camisa7” e novos patrocinadores. Com os cortes de despesas, o líquido seria de R$ 4.870.654. Para alcançar esses números, o Botafogo traçou metas dentro e fora de campo:

– Classificação para as semifinais do Campeonato Carioca
– Pelo menos a 14ª colocação no Campeonato Brasileiro e a classificação para a Copa Sul-Americana
– Chegar à terceira fase da Copa do Brasil (já está lá por ter sido campeão da Série B)
?- Terminar o ano com 29 mil sócios-torcedores (atualmente tem 20 mil)
?- Gerar R$ 9 milhões com receitas de patrocínios
?- R$ 60 milhões em vendas de jogadores.

São, ao todo, 18 metas e 106 ações elaboradas pela gestão Durcesio Mello e com o parecer de Vinícius Assumpção, vice-presidente, e Jorge Braga, CEO.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui