Contra o Náutico, Botafogo chega a mais de 50% dos gols sofridos em jogadas aéreas na temporada

0
105

Os times que enfrentaram o Botafogo e conseguiram vazar a equipe de Marcelo Chamusca na atual temporada o fizeram, na maioria das vezes, pelo alto e no segundo tempo. Dos 17 gols sofridos até agora, 10 saíram de jogadas aéreas. A derrota por 3 a 1 para o Náutico, com dois gols na bola aérea, fez com que o Bota passasse a sofrer mais com as investidas dos adversários por cima do que com a bola no chão. 

Desses 10 gols aéreos sofridos na temporada, quatro foram nos primeiros cinco jogos da Série B, o que equivale à metade dos seis gols levados pelo Botafogo na competição. Dois dos gols levados pelo alto na segunda divisão originaram de cobranças de escanteio, contra Londrina e Náutico. 

Em alguns dos gols sofridos na bola aérea, a jogada começa com cruzamento, mas tem o corte e a sobra para o adversário. Isso acontece, por exemplo, nos gols feitos pelo ABC (Copa do Brasil) e Londrina (Série B). Nesses casos, o problema está na proteção da frente da área alvinegra. 

Vale lembrar que o time teve a rede balançada cinco vezes só nos dois últimos jogos, o que contrasta com a boa sequência de dois gols sofridos em oito partidas antes de empatar em 2 a 2 com o Londrina.

Fonte: ge

SE INSCREVA EM NOSSO CANAL E PARTICIPE DOS NOSSOS PROGRAMAS AO VIVO!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui