Cruzeiro poderá receber 7 mil torcedores contra o Botafogo em Sete Lagoas

    0
    136

    O Comitê Local de Enfrentamento da COVID-19 em Sete Lagoas autorizou a ampliação da capacidade da Arena do Jacaré para mais de 7 mil torcedores em jogos do Cruzeiro na Série B. O número corresponde a 40% de um total de 18.184 lugares.

    A medida será aplicada em compromissos posteriores ao jogo contra o Operário, às 19h desta quinta-feira, pela 24ª rodada. Nessa ocasião, a carga de ingressos será mantida em 30% – 5.452.

    A liberação de 7.273 torcedores se dará caso a Raposa decida transferir o confronto com o CSA, pela 26ª rodada, para Sete Lagoas. Inicialmente, a partida será no Mineirão, às 16h de domingo, 26 de setembro.
    A diretoria celeste cogita seguir no interior em razão do custo operacional inferior ao de Belo Horizonte. Na vitória por 1 a 0 sobre a Ponte Preta, no último sábado, 4.467 pagantes geraram arrecadação de R$131.310,00. Descontados impostos e despesas, a receita líquida foi de R$75.800,26.
    Quando jogou no Mineirão com público, o Cruzeiro contabilizou prejuízo no triunfo por 1 a 0 em cima do Confiança, em 20 de agosto, pela 20ª rodada: R$234.165,00 de renda e R$368.526,99 de despesas (déficit superior a R$134 mil).

    Além de Operário e CSA, o time treinado por Vanderlei Luxemburgo enfrentará Brasil, Botafogo, Remo, Vila Nova, Brusque e Náutico na condição de mandante. Em várias entrevistas, os jogadores manifestaram o ganho de confiança com o incentivo das arquibancadas.
    Neste momento, a chance de acesso do Cruzeiro é de 1,9%, segundo o Departamento de Matemática da UFMG. Invicto há 10 rodadas (quatro vitórias e seis empates), o time está em 13º lugar, com 29 pontos – 11 a menos que o 4º colocado CRB (40).

    Leia o comunicado da prefeitura de Sete Lagoas

    Para o próximo jogo do Cruzeiro, que será realizado às 19 horas desta quinta-feira, 16 de setembro, a capacidade da Arena do Jacaré foi mantida em 30% (5.452 torcedores) de acordo com laudo técnico que considera a capacidade máxima do estádio em 18.184 torcedores. A decisão seguiu uma recomendação das forças de segurança sob alegação de que o curto espaço de tempo não permitiria o contingenciamento de efetivo para o aumento de público. Porém, para uma futura partida da equipe celeste em Sete Lagoas, será liberada 40% da capacidade da Arena. O comitê também liberou a venda de cerveja dentro do estádio até o fim do intervalo do primeiro para o segundo tempo. Todas as regras da Vigilância Sanitária já foram apresentadas ao Cruzeiro, inclusive com apontamento de correções quanto aos bares, tendo em vista a partida contra a Ponte Preta realizada no último sábado, 11 de setembro. Ainda para evitar aglomeração no entorno da Arena do Jacaré, a Guarda Municipal e a Polícia Militar vão proibir o trânsito de veículos em várias ruas no entorno do estádio. Apenas torcedores com ingresso terão acesso. A utilização de máscara continua obrigatória e, seguindo os protocolos das entidades que coordenam as competições de futebol, os frequentadores devem apresentar comprovação de vacinação completa (duas doses ou dose única há no mínimo 15 dias) ou teste impresso RT-PCR / teste rápido com resultado negativo (os comprovantes serão recolhidos) para Covid até 72 horas antes do evento.

    Fonte: SuperEsportes

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui