Desafios para 2021: O fator Botafogo

0
1130
botafogo
Pedro Castro. Botafogo x Macae pelo Campeonato Carioca no Estadio Nilton Santos. 25 de Abril de 2021, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. Imagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Sendo proibido qualquer uso comercial, remunerado e manipulacao/alteracao da obra.

O ano de 2021 começou conforme terminara o ano passado. Botafogo com dificuldades financeiras graves; pandemia assolando a nossa sociedade; vidas modificadas mediante uma necessidade posta para os brasileiros. No entanto. surge uma nova possibilidade de S/A para o clube.

Confesso que essa possibilidade não me faz criar expectativas. Outrora quando a possibilidade fora tornando real durante o ano passado, ao mesmo tempo que tinha a expectativa que de fato fosse um processo profissional e com pessoas qualificadas, imagino que por esse motivo não tenha ido adianta. Por esse motivo, penso eu, novamente as chances de não ocorrer uma alteração no quadro gestor do Botafogo e, consequentemente a mudança do Glorioso a fim de obter dias melhores estão reduzidos.

A situação é crítica. E assistimos (infelizmente) assim como os desgovernos no país, passivamente. É triste! O Brasil e nem Botafogo merecem esse descaso. A sensação de impotência ao vê-lo nessa condição é desairoso.

Há muitos desafios, nesse segundo ano atípico que vivemos, para o Botafogo. O primeiro deles é conseguir montar um elenco capaz de retornar a série A, haja vista que o clube teve uma queda considerável de cotas de transmissão ao ser rebaixado. Para um clube endividado, montar um elenco minimamente honroso necessitará ser um ato engenhoso. O segundo desafio atrelado a situação financeira do clube é conseguir honrar com os compromissos com os seus funcionários. Recentemente vimos o clube demitir 90 pessoas. Uma situação preocupante para o clube e também para quem teve seu contrato encerrado. Em tempos de crise econômica, social e política, uma demissão tem impacto profundo em famílias.

O terceiro desafio para o clube será resgatar um futebol convincente. Convivemos com diferentes treinadores ano passado, e não houve um equilíbrio, um futebol vistoso e, tampouco, algo que nos fizéssemos empolgar com o time. A limitação dos recursos sem dúvida atrapalha. Contudo, é preciso engendrar contratações baratas e que darão retorno. Para isso, um mapeamento de jogadores pelo país se faz necessário.

O quarto desafio inicialmente é retornar a Série A e conseguir manter-se nele. A segunda divisão esse ano terá um número grande de times que já foram campeões na primeira, tornando o brasileiro mais disputado. Somado aos campeões, vemos clubes acostumados a jogar a série b. É uma competição bastante disputada e que promete esse ano. Clubes que já convivem com recursos limitados e que não tiveram cortes como o próprio Botafogo, Cruzeiro e Vasco. Portanto, a competição promete.

Além disso, confirmando o seu acesso, o clube estará nas mesmas condições limitadas de contratações, disputando um campeonato bastante difícil que é o brasileirão série a. O clube necessita de profissionais qualificados e que tenham planejamento para trazer novamente o clube às glórias que tanto teve.

Tempos desafiadores. Tempos de (re)pensar que Botafogo almejamos em 2021.



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui