Dois anos depois, Botafogo tem volta de Jonathan com a mesma indefinição na lateral esquerda

0
64

Jonathan deixou o Botafogo em agosto de 2019 e volta, agora, praticamente em agosto de 2021. Dois anos se passaram, mas o jogador encontrará o mesmo cenário quando o assunto é lateral esquerda: muitos testes e o lugar à procura de um titular absoluto.

Nesse período, ao menos 10 jogadores tiveram chances na posição, mas poucos foram aprovados pelo torcedor. Os que passaram no teste popular não ficaram tempo suficiente para dar estabilidade. Aconteceu com o próprio Jonathan, em 2019, ao se mudar para a Espanha. Na atual temporada, a vez foi de Paulo Victor, hoje no Internacional.

2019

  • Gilson: 28 jogos, 27 como titular.
  • Jonathan: 17 jogos, 16 como titular.
    Lucas Barros e Victor Lindenberg também estavam no elenco.

2020

  • Victor Luis: 30 jogos, todos como titular.
  • Guilherme Santos: 22 jogos, 16 como titular.
    Danilo Barcelos e Lucas Barros também estavam no elenco.

2021

  • Paulo Victor: 28 jogos, 16 como titular.
  • Guilherme Santos: 13 jogos, nove como titular.
    Rafael Carioca, Hugo e Lucas Barros também estão no elenco.

Vindo da base do Nova Iguaçu, Jonathan estreou pelo profissional do Botafogo no início de 2019. Fez um primeiro semestre que animou o torcedor e despertou o interesse europeu. Em agosto, o Almería, da Espanha, o contratou por 1 milhão de euros. De lá para cá, foi o único nome a chegar perto de ser unanimidade na torcida. PV seguia o mesmo caminho, mas deixou o clube muito rápido.

Em 2019, com a saída de Jonathan, Gilson foi quem mais jogou. Em 2020, houve um revezamento e ninguém agradou: Victor Luis despontou na volta, Guilherme Santos sofreu com lesões e Danilo Barcelos foi criticado até fechar com o rival Fluminense.

Nesse ano, o cenário parecia mais estável com o surgimento de Paulo Victor, mas a venda ao Inter fez voltar a indefinição. Mesmo com opções em grande quantidade. Hugo, Lucas Barros, Guilherme Santos e Rafael Carioca já estavam à disposição, mas a diretoria viu a necessidade de reforçar o setor.

– Isso não é um problema (cinco jogadores para a lateral esquerda). Não podemos entrar muito nessas questões, mas posso falar que a diretoria está consciente daquilo que precisa ser feito. São oportunidades que a gente tem conseguido. Alguns desses laterais podem fazer outras funções dentro de campo. A gente tem pensado muito bem no que precisa ser feito – disse o técnico Enderson Moreira

Jonathan chegou após o fim da temporada europeia e ainda precisa entrar em ritmo. Enquanto o reforço não está disponível, Guilherme continua como titular absoluto no lado esquerdo da defesa e quer aproveitar o bom momento do time para se firmar. Vindo de três vitórias seguidas, o Botafogo volta a campo pela Série B no próximo domingo, contra a Ponte Preta.

Fonte: ge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui