Eleições do Botafogo: Durcésio Mello entra com pedido de impugnação de Walmer Machado

0
38

Na última quarta-feira a Chapa Botafogo de Todos (encabeçada por Durcésio Melo) entrou com um pedido para a impugnação da Chapa O Mais Tradicional (de Walmer Machado). No requerimento, Durcésio acusa o adversário de algumas irregularidades no momento da inscrição da chapa, em 24 de setembro. Segundo ele, entre os 140 nomes que Walmer apresentou constam o nome de:

  • 6 sócios mortos
  • 2 não-sócios
  • 7 sócios sem os três anos mínimos necessários para serem votados
  • 31 sócios inadimplentes
Durcésio Mello (camisa rosa e máscara preta) na entrega da protocolação da Chapa Botafogo de Todos — Foto: Divulgação

Durcésio Mello (camisa rosa e máscara preta) na entrega da protocolação da Chapa Botafogo de Todos — Foto: Divulgação 

No pedido entregue à Junta Eleitoral do Botafogo na última quarta-feira, foram anexados oito documentos. A acusação mais grave, segundo pessoas ouvidas pelo ge, se trata de a Chapa O Mais Tradicional ter a assinatura de seis pessoas que tem o atestado de óbito registrado em cartório. A reportagem teve acesso ao processo e nele estão anexadas as certidões de óbito (a mais recente é de 26/10/2019) e também as assinaturas dos mortos como inscritos na chapa adversária. 

Como prova, a chapa de Durcesio também coloca como documento uma troca de e-mails em que o clube afirma que outras nove pessoas (não-sócios e sócios sem tempo mínimo necessário) não podem ser consideradas elegíveis. E, portanto, não deveriam ser aprovadas na primeira inscrição da chapa, em 24 de setembro. 

Atestado de óbito de uma das pessoas inscritas na Chapa — Foto: Reprodução

Atestado de óbito de uma das pessoas inscritas na Chapa — Foto: Reprodução 

Inscrição de sócio na Chapa O Mais Tradicional — Foto: Reprodução

Inscrição de sócio na Chapa O Mais Tradicional — Foto: Reprodução 

O que diz a Chapa O Mais Tradicional

“Esses seis mortos que se referem a sócios que diligenciamos e que são sócios-eméritos com idades avançadas, não sabemos de onde partiu. Se houvesse má intenção de nossa parte, ninguém colocaria sócios falecidos, mas sócios em atraso, como outras chapas fizeram, colocando sócios em atraso para efetuar o pré-registro. E, depois, regularizaria todas as pendências, como foi feito pelas outras chapas. Esses eméritos constam na lista de sócios ativos do Botafogo.

Há equívoco também na ‘causa de pedir’ do requerimento porque o Estatuto não prevê a impugnação da chapa, mas sim da candidatura.

Por último, é lamentável ouvir os equívocos do Montenegro achincalhando o Botafogo, dizendo que está falido, que comprou 18 bolas, que o Botafogo é a Ferrari do pântano… É lamentável ouvir isso. O Botafogo é a Ferrari do pântano, mas não podemos nos esquecer que ele é o piloto da Ferrari desde 1995. Aquele título foi bom por um lado, e, por outro, só está nos causando problema. Pretendemos que ele e o grupo que insistem em permanecer, aliado ao Mais Botafogo, segundo rumores dão conta, oportunize o novo chegar, que é o nosso grupo. E até, mais adiante quem sabe, fazermos uma ampla união em prol do Botafogo? Mas, para isso acontecer, tem que ter a liderança que é o que falta hoje ao Botafogo com propostas e iniciativas do novo.”

Segundo o Estatuto do Botafogo, a chapa de Walmer Machado tem até a próxima terça-feira para apresentar a defesa. A partir daí, a Junta Eleitoral do clube irá analisar o caso e decidir se aceita o pedido ou não. Segundo fontes ligadas ao processo eleitoral, essa decisão deve ser no fim da próxima semana ou no início da semana seguinte.

Fonte: ge

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui