Em crise, concorrente direto do Bota no Z-4 demite treinador e está com salários atrasados

    0
    63

    Ricardo Sá Pinto não é mais treinador do Vasco da Gama. O treinador português foi demitido após uma reunião depois da derrota do time, no Brasileiro, diante do Athletico Paranaense, em Curitiba, por 3 a 0. O atual presidente do clube, Alexandre Campello, o atual vice-presidente de futebol, José Luis Moreira e o novo mandatário eleito, Jorge Salgado também estiveram na reunião. O nome mais cotado e comentado é o de um velho conhecido da torcida vascaína: Zé Ricardo (atualmente desempregado). Sá Pinto poderá ter companhia em breve. Rumores dão conta que Eduardo Barroca estaria com os dias contados no Botafogo.

    A realidade de Botafogo e Vasco da Gama é a mesma. Ocupam a zona do rebaixamento na tabela do Brasileiro, ambos os elencos são sofríveis e têm dirigentes incompetentes que repetem erros como quem troca de camisa várias vezes ao dia. O Botafogo, ao menos, está conseguindo pagar salários de elenco e funcionários. O Vasco da Gama está no atraso.

    O português Sá Pinto foi demitido após dirigir o time em 15 partidas somente. Algo impensável no futebol do seu país e nos demais da Europa, Reino Unido, Ásia e países árabes. Com Ricardo Sá Pinto, o Vasco da Gama obteve três vitórias. Sendo duas pelo Campeonato Brasileiro e uma pela Copa Sul-Americana. Ele substituiu Ramon Menezes, que foi sacado em meio à queda de rendimento de uma equipe que chegou a liderar o Brasileiro nas primeiras rodadas. Com Sá Pinto o time despencou na tabela. Além dele, deixam o clube os auxiliares diretos. Detalhe: a comissão portuguesa (durou cerca de dois meses no clube) tinha um dos maiores salários no Brasil.

    Fonte: Solidário Notícias

    FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui