Em seu primeiro clássico pelo Botafogo, Matheus Frizzo projeta jogo duro com Vasco: “Iguala tudo”

0
91

Pela primeira vez nesse início de temporada o Botafogo teve uma semana cheia de treinos. Após quatro jogos, com duas vitórias e dois empates, Marcelo Chamusca prepara o elenco para o primeiro grande teste da temporada, contra o Vasco, adversário que será fundamental em 2021. Em coletiva nesta quinta-feira, o meia Matheus Frizzo projetou o clássico pelo Campeonato Carioca. 

– Independente do início de temporada, acredito que o clássico é um jogo grande. O Vasco é uma grande equipe. Os times estão começando agora, chega no jogo iguala tudo. Fico ansioso de ser o primeiro clássico. Botafogo tem que jogar aguerrido, buscando a vitória o tempo o todo. É muito importante essa vitória para o nosso campeonato – analisou o jogador. 

– Essa semana é muito importante. Tivemos dois jogos sem tempo para treinar. Eu cheguei e no primeiro jogo já fui relacionado. Para a partida com o Bangu, treinei apenas uma vez. Essa semana está sendo muito importante para o treinador impor seu trabalho e para a equipe se entrosar, construir a identidade de jogo – completou. 

Matheus Frizzo, meia do Botafogo — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Matheus Frizzo, meia do Botafogo — Foto: Vitor Silva/Botafogo

Nas duas primeiras partidas com a camisa do Botafogo, contra Moto Club e Bangu, Matheus Frizzo agradou. Com bom passe e mobilidade, o meio-campista aparece como boa aposta do clube alvinegro para a temporada 2021. 

– O passe é uma das minhas principais características, não quer dizer que a marcação é das piores. Para ser volante eu tenho que ser completo. Claro que o atleta tem muitas coisas que precisa melhorar. No futebol não dá pra jogar só com a bola no pé ou correndo, tem que ter equilíbrio. Em relação aos passes verticais, eu estou evoluindo. Tenho referências que sempre me aconselharam e é uma característica que sempre vou impor no meu jogo – afirmou o meia. 

Vasco e Botafogo se enfrentam às 18h do próximo domingo, em São Januário, pela quarta rodada da Taça Guanabara. Enquanto o Bota tem cinco pontos na quarta colocação, o Vasco é o 11º, com apenas um ponto conquistado nas primeiras três partidas. 

Veja outras respostas de Frizzo:

Sonho

– Fico feliz de fazer na estreia o primeiro gol como profissional, sonho de criança. Desde a chegada ao estádio, ver meu nome na camisa do Botafogo… Dou o maior valor a um sonho de criança. 

Posicionamento

– A posição que me sinto bem jogando é de um volante recuado, na posição de um “5”, um “8”, construindo as jogadas, participando da retomada. É como eu me sinto melhor. Mas claro que se o professor quiser que eu jogue como um meia avançado ou qualquer outra posição, eu sou atleta do Botafogo e vou fazer tudo da melhor forma. 

Adaptação ao Botafogo

– Fiquei muito feliz de vir para o Botafogo, é a oportunidade da minha vida. O clima é bom, as pessoas são excelentes, a torcida pode ter certeza que são pessoas que trabalham em prol do clube, em busca de vitórias. Os atletas que chegam no clube são acolhidos, se sentem em casa. Quando o atleta se sente bem no clube, ele fica mais à vontade para impor seu trabalho.

Fonte: ge

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui