Entre esperança e preocupação, Fluminense e Botafogo se enfrentam no Maracanã

0
34

Dois clubes em crise financeira e há muito tempo sem disputar títulos relevantes, Fluminense e Botafogo têm muita coisa em comum na luta pela sobrevivência. Entretanto, quando se encontrarem neste sábado (17), às 16h no Maracanã pelo Campeonato Carioca, estarão com sentimentos distintos. Enquanto o Tricolor vivencia um 2021 de esperança de dias melhores, o Glorioso sofre com a preocupação de uma crise que parece não ter fim.

E o momento de cada rival é outra prova do contraste recente. Após um quinto lugar no Brasileirão, o Fluminense volta suas atenções para a estreia na Libertadores, quinta-feira contra a equipe do River Plate, num retorno após quase oito anos. E ainda se classifica à semifinal do Carioca se vencer o clássico (ou até mesmo se empatar, caso Madureira e Vasco tropecem em seus jogos). 

Por outro lado, o Botafogo chega com a decepção da queda precoce na Copa do Brasil, que representa uma perda de dinheiro que seria essencial para os combalidos cofres (pelo menos R$ 1,7 milhão pela participação na próxima fase). Para piorar, o Glorioso corre o risco de nova eliminação, desta vez no Carioca, se não vencer. O que pode aumentar a pressão sobre o técnico Marcelo Chamusca. Tudo isso em meio a uma reformulação após o rebaixamento para a Série B.

Em meio ao desânimo dos torcedores, o Botafogo busca se reerguer como clube, numa reformulação profunda, com redução de custos e muita dificuldade para buscar reforços. E precisa provar aos torcedores que tem condições. Já o Fluminense, com a expectativa de uma temporada promissora, organizou-se para aumentar o investimento e planeja gastar 30% a mais com salários, mesmo ainda sofrendo com a crise financeira. Tanto que, nesta semana, fechou um pacote de contratações (Cazares, Abel Hernández, Bobadilla e Manoel).

Fonte: O Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui