‘Esporte Espetacular’ mostra como fotos de jogos do Botafogo foram parar na Finlândia

0
44

Um dos maiores acervos de imagens do futebol brasileiro entre 1985 e 2010 está na Finlândia. Juha Tamminem, um fotógrafo que por anos vinha para a América do Sul para fugir do frio do inverno em seu país, é o personagem de uma reportagem especial de André Galindo no ‘Esporte Espetacular’ deste domingo (2). Entre as relíquias, o registro do primeiro gol de Romário com a camisa da seleção brasileira.

Desde 2012, Juha passa horas de seus dias digitalizando os arquivos de seleções e equipes sul-americanas que fez ao longo destes 25 anos. Foram mais de 200 mil fotos. Um destes times, em especial, conquistou o coração do nórdico: “O dia em que eu voltar ao Brasil quero fotografar mais um jogo do Botafogo”, avisa o também salgueirense Juha, que entre seus registros, guarda com carinho imagens do título carioca alvinegro de 1989, em cima do Flamengo, que deu fim ao jejum de 21 anos sem conquistas.

Na última segunda-feira, dia 26, foi celebrado no futebol o Dia do Goleiro. A data escolhida não foi à toa. É o aniversário do goleiro Manga, que no Brasil brilhou com as camisas de Botafogo, Internacional e Sport, entre as décadas de 1960 e 1970. O ‘Esporte Espetacular’ mostra como está atualmente o ex-jogador, que viveu no Equador por algumas décadas e retornou ao Brasil pouco antes da pandemia, com sérios problemas de saúde e financeiros. Atualmente, Manga mora no Retiro dos Artistas, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Além do personagem, o repórter Richard Souza conversa com ex-jogadores da posição, como Jefferson, Victor, Raul Plassmann e Leão, que explicam a importância que o homenageado tem para o sucesso desta função no esporte.

No quadro “Duplas Espetaculares”, o repórter Eric Faria entrevista dois baianos que fizeram história dentro e fora de campo. Os pentacampeões Vampeta e Edilson foram companheiros de uma época dominante do Corinthians no futebol brasileiro e também na seleção brasileira. Entre os vários momentos marcantes que passaram juntos, uma confusão na final do Campeonato Paulista de 1999, na qual o ex-atacante foi provocar o arquirrival Palmeiras fazendo embaixadinhas, quando o título já estava praticamente assegurado. “Aquilo foi tudo combinado. Uns dias antes do segundo jogo da final, o Edilson falou: ‘Dependendo de quanto estiver o jogo, vocês me avisam que eu vou atravessar o campo fazendo embaixada’. Aí gritaram do banco: ‘Faltam cinco!’ E aí, depois daquelas embaixadas começou o tumulto”, relembra Vampeta.

Apresentado por Barbara Coelho e Karine Alves, que substitui Lucas Gutierrez durante as férias dele nos próximos três domingos, o ‘Esporte Espetacular’ começa logo depois do ‘Auto Esporte’.

Fonte: Esporte e Midia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui