Ferj quer torcida no Fla-Flu; Botafogo e Vasco dispensam

0
36

A Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) anunciou a Flamengo e Fluminense, em reunião nesta quinta-feira (20), uma consulta à gestão Eduardo Paes (MDB) para que cada clube possa ter 80 convidados na final do Campeonato Carioca, no sábado (22).

O número se soma aos 55 membros já autorizados de cada delegação. Caso haja permissão pela Prefeitura, esses convidados não terão acesso à área dos vestiários nem ao Maracanã Mais. A ideia é alocá-los em camarotes do terceiro andar: os do Flu no lado Sul e os do Fla no lado Norte, para evitar confusões e desrespeito aos protocolos e medidas sanitárias, o que ocorreu no primeiro jogo.

As comissões técnicas ficarão no Maracanã Mais, onde haverá separação para a área de alimentação. Além disso, a intenção é que as cadeiras centrais sejam cobertas para manter o distanciamento.

No primeiro jogo da decisão, encerrado em 1 a 1, o descumprimento das medidas sanitárias gerou multa de R$ 14 mil à administração do Maracanã, o que motivou críticas de Rubens Lopes, presidente da Ferj, à Prefeitura. A federação liberou 300 convites sem aviso prévio à gestão Paes, e 148 pessoas estiveram presentes – a enorme maioria era de convidados do Flamengo.

A Secretaria de Saúde do município do Rio de Janeiro anunciou que prepara um esquema especial de fiscalização para o jogo. Segundo a pasta, o decreto 48425/21, que veda a presença de público em estádios e ginásios esportivos, ainda que não pagante, permanece em vigor. Caso haja um novo descumprimento das medidas sanitárias, o Maracanã pode, até mesmo, ser interditado.

O estádio, aliás, só foi confirmado como sede do jogo na terça (18), após derrota do Flamengo nos bastidores.

Primeiro, a Prefeitura negou a presença de público no Maracanã. A Fer e o clube rubro-negro, mandante da partida, demonstraram, então, a vontade de levar o duelo para Brasília, onde o clube da Gávea tentaria acordos políticos para levar público ao Mané Garrincha, enquanto o Fluminense se mostrou veementemente contrário à medida e ameaçou não viajar ou entrar em campo.

A possibilidade foi colocada à mesa na última semana, em documento publicado pela Ferj. O Flamengo se mostrou favorável, enquanto o Fluminense foi contrário. Botafogo e Vasco, participantes da decisão da Taça Rio, participaram da conversa e fizeram coro negativo.

Fonte: O Tempo

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui