Honda e Kalou decepcionam, e Botafogo tenta recuperar dupla por milagre

0
110
Kalou e Honda

O Botafogo tinha como objetivo montar um elenco barato e competitivo para 2020 para ganhar tempo e realizar a transição para clube-empresa. O início do ano foi animador e bons nomes pareciam terem sido encontrados, casos de Bruno Nazário e Pedro Raul. Mais para frente, o Alvinegro ainda conseguiu incrementar o grupo com as chegadas de Honda e Kalou. O problema é que nada mais deu certo desde então. A nova comissão técnica tem como objetivo recuperar a dupla para evitar novo rebaixamento.

O japonês foi o primeiro a chegar e logo virou titular. Rapidamente se viu também que o jogador não era um craque ao estilo Seedorf, como muitos torcedores esperavam. Nem em campo nem fora das quatro linhas. Com uma personalidade tranquila, ele não teve a influência esperada nos bastidores.

Recentemente, Honda mostrou que sua paciência chegou ao fim com a diretoria pelas sucessivas trocas de comando. Uma conversa resolveu o problema, e o japonês garantiu que ficará e fará de tudo com os companheiros para ajudar o Alvinegro.

Kalou tem situação ainda pior. O marfinense chegou ao Botafogo após nove meses de inatividade. A diretoria acreditava que o tempo de recuperação seria mais rápido. Curiosamente, seu início até teve bons momentos, mas seu futebol caiu e muito de produção com o passar do tempo.

Hoje ele é reserva e ganha poucos minutos em campo. No último jogo, contra o Flamengo, ele entrou somente aos 17 minutos do segundo tempo. O marfinense já foi preterido por Rhuan, Warley, Eber Bessa, Kelvin e Lecaros, jogadores que tinham pouco espaço no elenco no início do ano ou foram recém-contratados.

A nova comissão técnica entende que os dois têm qualidade incontestável e, justamente por isso, serão fundamentais nesta reta final de Campeonato Brasileiro. O Botafogo precisa de um milagre para permanecer na primeira divisão. Até o momento, o time soma apenas três vitórias em 23 jogos.

Com 15 duelos a serem disputados, o vice-lanterna Botafogo precisará pelo menos de sete vitórias para tentar chegar aos 44, que normalmente é a pontuação que assegura a permanência na elite. O próximo desafio é contra o líder São Paulo, amanhã (9), no Morumbi.

Fonte: UOL

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui