Honda: Esperança de Títulos para o Botafogo em 2020

0
795

Honda em sua apresentação oficial no Botafogo

Nascido em Settsu, cidade com mais de oitenta e cinco mil habitantes em Osaka no Japão, Keisuke Honda (“Keisuke” pronuncia-se “Quêisque” em Português) é o mais novo reforço internacional de peso do Botafogo para a temporada. O meio-campista e craque de futebol em nível mundial, chega ao Botafogo como a maior esperança do Glorioso para a conquista de titulos em 2020.

COMEÇO DA CARREIRA PROFISSIONAL

Honda começou a despontar para o futebol ainda na época de estudante, quando ainda defendia as cores do Settsu FC, o time de sua cidade natal. Em seguida brilhou no time de juniores do Gamba Osaka, e depois atuou com sucesso no Seiryo High School, time de sua escola, onde participou de um jogo na Copa da Liga Japonesa como jovem jogador especialmente selecionado em 2004. Finalmente em 2005, começa na liga profissional japonesa jogando pelo Nagoya Grampus Eight.

Honda em início de carreira no Nagoya Grampus

CONSAGRAÇÃO E CARREIRA INTERNACIONAL

A partir de 2008, Honda começou a colecionar títulos por onde passou. Atuando por times internacionais de renome, foi campeão pelo VVV-Venlo da Holanda (Segunda Divisão Holandesa 2008-2009) onde ganhou o apelido carinhoso dado pela torcida de “Keizer Keisuke”, (“Cáizer Quêisque”) que significa “Imperador Keisuke”. Marcou 16 gols em 36 jogos pelo clube, ajudando o retorno do VVV à primeira divisão do futebol holandês, e recebeu ao final da competição, o prêmio de melhor jogador da temporada 2008-2009. Honda também conquistou a Copa da Rússia em 2010-11 e em 2012-13, o Campeonato Russo em 2012-13, a Supercopa da Rússia em 2013 pelo CSKA, e a Supercopa da Itália em 2016 atuando pelo Milan.

Honda atuando pela seleção japonesa

CRAQUE TAMBÉM PELA SELEÇÃO JAPONESA 

Jogando pela seleção japonesa sagrou-se campeão da Copa Kirin (em 2007, 2009 e 2011) e da Copa da Ásia em 2011. Recebendo os prêmios de jogador japonês do ano em 2010, melhor jogador em talento individual e jogador mais valioso da competição (MVP) ambos em 2011, disputando a Copa da Ásia. Ainda pela seleção nipônica, arrematou os canecos de melhor jogador da Ásia em 2013, e de melhor jogador da posição de meio-campo no time dos 11 Melhores Jogadores da Copa da Ásia de Todos os Tempos em 2018 na Votação dos Fãs (Fans’ Asian Cup XI). Além de ter feito 4 gols nas últimas três copas do mundo. Tendo passado por não menos que sete equipes profissionais espalhadas pelo mundo ao longo da carreira, antes de acertar para a temporada de 2020 com o Botafogo, o jogador nipônico esbanja experiência, títulos e personalidade. 

Keisuke Honda estreou com fome de bola contra o Bangu!

ESTRÉIA CONTRA O BANGU (E O CORONAVÍRUS)

Com toda essa tarimba de craque, os torcedores do Botafogo e os fãs de futebol em todo o mundo, esperam que Honda continue exibindo um futebol de primeira classe. O que ele demonstrou no empate em 1X1 contra o Bangu no dia último dia 15 pelo Carioca 2020, jogo de estréia dele com a camisa do Botafogo. Na partida, o jogador japonês marcou o gol do alvinegro cobrando penalidade máxima, o primeiro dele pelo time de General Severiano. E ainda deu uma assistência fantástica, com um passe que deixou o jovem atacante Luis Henrique “na cara do gol” logo aos 5 minutos de jogo. Luis Henrique, infelizmente, não coverteu o tento. A partida, realizada com portões fechados devido a pandemia de Coronavírus (COVID-19), acabou no empate. E não foi um bom resultado para nenhum dos dois times que ainda brigam para subir na tabela da competição.

Torcida do Botafogo lota o aeroporto do Galeão para receber o jogador japonês

PARA O GLORIOSO, HONDA É ESPERANÇA DE TÍTULOS EM 2020

A esperança da torcida do time da Estrela Solitária, é que Honda com seu talento e habilidade, possa ajudar o Botafogo a conquistar mais títulos em 2020, como o da tão sonhada e adiada, Copa do Brasil. Título inédito para o clube, e que seria um verdadeiro presente de Keisuke Honda para a torcida do Glorioso, que o recebeu de braços abertos, cantando e celebrando o craque nas redes sociais e na apresentação oficial do jogador japonês no estádio Nilton Santos. Ao ver o entusiasmo e o amor da torcida pelo time, Honda declarou que “nunca tinha visto nada parecido”. Só nos resta agora esperar e sonhar para que “Keizer Keisuke”, o “Imperador Keisuke” possa retribuir esse amor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui