Impecável, Botafogo goleia, vira líder e deixa Vasco muito longe do acesso

0
37

Resumão

Uma atuação avassaladora, um time apático e dois destinos praticamente selados na Série B do Brasileirão. Com apresentação impecável na tarde deste domingo, o Botafogo fez 4 a 0 em São Januário, assumiu a liderança da Série B do Brasileirão e agora está a um detalhe do acesso à elite do ano que vem. De quebra, ainda afundou o Vasco. O time de Fernando Diniz, com exceção de uma combinação milagrosa de resultados, não tem mais chances de subir para a Série A. Marco Antônio (duas vezes), Rafael Navarro e Diego Gonçalves construíram a goleada botafoguense no jogo válido pela 34ª rodada da competição. Léo Matos, do Vasco, foi expulso ainda no primeiro tempo.

Novo líder

A Série B do Brasileirão tem novo líder. A goleada no clássico levou o Botafogo aos 62 pontos e o colocou na ponta da classificação, empurrando o Coritiba para a vice-liderança – o Coxa, com 61, perdeu para o Náutico na rodada. Se o acesso ainda não é matematicamente garantido, os torcedores já comemoram o que parece ser irreversível.

Fim do sonho?

O Vasco ainda tem chances matemáticas de acesso, mas a reação da torcida após a goleada e o choro de Nenê na saída de campo dão o tom do improvável. Depois de perder para o Guarani na última rodada, o time de Fernando Diniz segue estacionado nos 47 pontos e agora caiu para a nona colocação – foi ultrapassado pelo Náutico, que chegou aos 48 pontos. A distância para o G-4 é de oito pontos a quatro rodadas do fim da competição.

“Olé, olé…!”

A torcida do Botafogo fez a festa em São Januário. Com o placar elástico construído ainda no primeiro tempo, os alvinegros se sentiram em casa, comemoraram bastante a vitória que coloca a equipe na liderança da Série B e gritaram “olé” em alguns momentos. Essa é a maior goleada aplicada pelo Botafogo sobre o Vasco em São Januário desde 1931.

Atuação letal

O duelo de um time que prefere ter a bola contra o outro que prefere atacar verticalmente, principalmente em contra-ataques, se fez claro desde o início. Dentro dessas circunstâncias, quem levou a melhor foi o Botafogo de Enderson Moreira. O Vasco ensaiou um domínio nos primeiros minutos, quando Cano e Ricardo Graça obrigaram Diego Loureiro a fazer boas defesas. A partir do momento em que os contragolpes encaixaram, no entanto, o Bota matou o jogo. Marco Antônio marcou duas vezes, e Rafael Navarro fecharam o 3 a 0 no primeiro tempo – nesse meio tempo, Léo Matos, do Vasco, ainda foi expulso. No início do segundo, Diego Gonçalves empurrou de cabeça para o fundo da rede após cobrança de escanteio e selou o resultado em São Januário.

Muitos protestos

A hostilização da torcida do Vasco começou ainda no primeiro tempo. Muitos torcedores se aproximaram da tela que divide a arquibancada do gramado, xingaram os jogadores e arremessaram objetos em campo. Houve um princípio de confusão, que logo foi apaziguado pelos responsáveis pela segurança.

  • https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html
  • Léo Matos expulsoO Botafogo já vencia por 2 a 0 quando Léo Matos fez falta dura em Pedro Castro no meio de campo e recebeu o segundo cartão amarelo. O lateral foi para o chuveiro mais cedo e tornou ainda mais difícil a missão do Vasco, que logo em seguida sofreu o terceiro gol.
  • Fonte: ge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui