Jonathan é apresentado pelo Botafogo e elogia projeto: “Muito interessante voltar pra minha casa”

0
440

O Botafogo apresentou na noite desta quarta-feira, em coletiva virtual, o lateral-esquerdo Jonathan. De volta ao clube que o revelou, o jogador garantiu que estava voltando para casa. Segundo ele, o que o fez decidir pelo retorno ao Nilton Santos foi o projeto apresentado pelo diretor de futebol, Eduardo Freeland.

– Estou num clube de Série A. O Freeland conversou com o meu empresário, passou o projeto que tinha pra mim e eu achei muito interessante de poder voltar pra minha casa. O torcedor alvinegro pode ter certeza que eu vou me dedicar ao máximo para ajudar o Botafogo a voltar para a Série A.

Jonathan volta ao Botafogo depois de deixar o clube rumo ao Almería, da Espanha, no meio de 2019. Após uma temporada no clube espanhol tendo jogado 22 vezes, foi emprestado para o Las Palmas, onde atuou em 13 partidas. No retorno ao clube que fez seus primeiros jogos como profissional, o novo lateral-esquerdo se comprometeu a dar o melhor de si.

– Estou muito feliz de estar de volta pra minha casa. Prometo dar tudo de mim dentro de campo e ajudar meus companheiros assim como eles vão me ajudar também. Só tenho a agradecer pela confiança no meu trabalho e obrigado por tudo.

Quando esteve na Espanha, Jonathan foi detido acusado de violência de gênero porque teria agredido uma mulher. Ela não teve o nome revelado e não prestou queixa, mas a denúncia havia sido feita por funcionários e hóspedes do hotel em que ele estava. Jonathan prestou depoimento e foi liberado na manhã seguinte. Segundo o jornal espanhol “Marca” o caso foi arquivado pela justiça do país e não teve prosseguimento. Perguntado na entrevista coletiva sobre o que de fato aconteceu, o lateral não quis entrar em detalhes.

– A primeira coisa que eu fiz quando cheguei aqui foi conversar com o Freeland sobre isso. Ele entendeu e eu deixei bem claro para ele que o que tinha saído nas redes sociais não aconteceu e a Justiça tomou conta de tudo isso. Eu não estou aqui para falar sobre esse caso. Eu quero jogar, me dedicar e focar no Botafogo. Daqui pra frente eu vou fazer isso, que é focar em ajudar o Botafogo a subir para a Série A.

Outras respostas de Jonathan

Quais características considera ter para conseguir se firmar na lateral, que é algo que o Botafogo tem sofrido ultimamente?

– Estou muito feliz, já vi que o Enderson cobra bastante, se dedica bastante e cobra muito dentro de campo. Estou muito feliz com esse projeto. Vou me dedicar ao máximo e com certeza vamos conseguir nossos objetivos.

Como vê oportunidade de retomada no Botafogo e motivação na temporada

– É uma oportunidade muito boa, não tenho dúvida disso. Estou muito feliz de estar aqui de volta para o Botafogo. A proposta de estar de volta me agradou muito. Vou me dedicar bastante e fazer de tudo para ajudar a torcida do Botafogo e o clube como um todo.

No que evoluiu e como pode agregar?

– Nesses dois anos que eu fiquei na Espanha foi para aprender, me formar um homem e hoje eu sou um grande homem e pai de família. O Botafogo fez uma proposta muito boa, eu aceitei e fico muito feliz de estar aqui com meus companheiros outra vez e isso vai me ajudar muito dentro de campo. Na Espanha eu não tive muita sequência, mas aqui no Botafogo tenho certeza que as coisas vão correr bem e farei tudo de melhor para o Botafogo.

Principais diferenças do futebol brasileiro pro espanhol

– O futebol espanhol tem muita intensidade e com linhas muito compactas. Isso eu aprendi muito como lateral. No Brasil também é muito assim. O professor Enderson também gosta muito da linha junto. Isso vai me ajudar muito a trabalhar com ele.

Continuou acompanhando o clube? E como enxerga o momento?

– Acompanhava o Botafogo pelas redes sociais e assistia aos jogos também. Inclusive, eu postava fotos assistindo aos jogos do Botafogo. Estou feliz com esse novo desafio na minha carreira e tenho certeza que a gente vai conseguir subir para a primeira divisão novamente.

Como encara a concorrência?

– Estou chegando para encorpar o elenco. Eu estava assistindo aos treinos e vi que Rafael Carioca, Lucas Barros e Guilherme se dedicam bastante. Para eu poder jogar, preciso me dedicar mais do que eles. Estou feliz aqui, feliz pela minha volta e se o professor Enderson achar que eu tenho condição de jogar, ele vai me colocar e eu vou fazer o que tenho que fazer, que é ajudar o Botafogo.

Volta ao Botafogo e momento físico

– Não teve proposta nenhuma antes, a que teve foi agora. O Freeland conversou com meu empresário, ele me passou o projeto que o Botafogo tinha pra mim e eu enxerguei um projeto muito bom. Por isso resolvemos assinar com o Botafogo. Não só por assinar com o Botafogo. Eu estou muito feliz de estar de volta. Fiquei dois meses parado, preciso ganhar a forma física novamente. O preparador físico já está em cima disso. Mais uns quatro dias, uma semana já estarei bem fisicamente para poder ajudar o Botafogo dentro de campo.

Fonte: ge

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui