Jonathan Lemos se despede do Botafogo: “Sentimento de gratidão”

0
78

Botafogo tem buscado determinar o elenco que irá iniciar 2022. Com isso, alguns jogadores não devem seguir no clube para abrir espaço para a chegada de reforços.

Um jogador que se despediu do Botafogo nesta quinta-feira foi o lateral-direito Jonathan Lemos. O atleta não teve o contrato renovado com os alvinegros.

Jonathan Lemos começou a temporada como titular. No entanto, perdeu espaço por conta das lesões.

O lateral direito publicou uma carta de despedida do Botafogo nas redes sociais.

Confira a cata na íntegra: 

“Quando eu era criança sonhava em jogar em belos estádios e vestir as camisas de grandes clubes. Hoje, com 29 anos, me sinto realizado por ter atuado nos principais gramados do futebol brasileiro e por ter defendido equipes de peso do nosso futebol. O último deles: o Botafogo de Futebol e Regatas.

Não permanecerei no Fogão em 2022, mas o sentimento que fica é de gratidão e, certamente, de portas abertas deixadas no clube. Infelizmente, uma lesão não permitiu que atuasse em mais jogos, porém, nas 17 partidas que participei com o manto alvinegro procurei dar o meu melhor, sempre com muita raça e em prol do coletivo e não pensando no individual.

As contusões são situações que fazem parte da rotina de qualquer atleta e quero agradecer o apoio que a nação botafoguense sempre deu para mim. Foram inúmeras mensagens de carinho, desejando plena recuperação e que me motivaram para voltar 100% e ajudar o clube na reta final da temporada. Pude comemorar no Botafogo o meu quarto acesso à Série A e o meu segundo título da Segundona nacional.

Fui muito feliz em atuar pelo Botafogo, pois possui uma torcida apaixonada e vocês podem ter certeza que continuarei torcendo pelo sucesso do clube na próxima temporada. Aliás, o lugar do Fogão é brigando pelas primeiras posições da Série A. Com todos os envolvidos unidos, tenho convicção que o clube conseguirá brigar por coisas grandes no Brasileirão.

Além da torcida, gostaria de deixar o meu agradecimento a todo o staff, comissão técnica e, claro, para o elenco. Formamos no Botafogo nesta temporada um grupo muito unido. Tivemos adversidades no começo do ano com uma campanha abaixo das expectativas no Campeonato Carioca e na Copa do Brasil. Porém, nos fechamos e buscamos os grandes objetivos do clube na temporada, que foram o acesso e o título da Série B.

Seguirei minha trajetória. Ultrapassei recentemente a marca de 250 jogos como profissional e buscarei fazer um grande ano em 2022. O futebol só tem espaço para os vencedores e estou muito focado em continuar escrevendo uma história de conquistas. Que venha o próximo desafio.”

Fonte: GazetaPress

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui