Jornalista botafoguense Eros Ramos de Almeida morre no Rio

0
49

O repórter, escritor e crítico de cinema, Eros Ramos de Almeida, de 60 anos, morreu na noite desta quarta-feira (09), após duas semanas internado no Hospital São Lucas, em Copacabana. O jornalista não resistiu a um caso de septicemia, uma complicação grave de infecção.

Eros começou a carreira como estagiário no Jornal O Globo, em 1987 e se estabeleceu na profissão passando por diversas editorias. Um grande destaque de sua carreira foi sua passagem pelo caderno “Rio Show”, onde escrevia críticas de cinema. Sua paixão pelas artes era dividida com a família e o time carioca, Botafogo.

Em 1995 ele foi diagnosticado com a doença de Machado-Joseph, que afeta o sistema nervoso, comprometendo a fala e movimentos de braços e pernas. Três anos mais tarde foi pai dos trigêmeos João, Caio e Clara. Logo depois, publicou um livro contando sua experiência com a paternidade. Ainda não há informações sobre o enterro.

Fonte: O Dia

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui