Justiça nega pedido de rescisão de Lucas Mezenga com o Botafogo

0
40

A Justiça do Trabalho indeferiu o pedido de urgência do zagueiro Lucas Mezenga por sua rescisão com o Botafogo. O zagueiro de 19 anos, que tem proposta do Emirates Club, dos Emirados Árabes, alegou atrasos no recolhimento do FGTS e pediu o encerramento do seu vínculo para acertar com a equipe do Oriente Médio. A informação é do site “GE”.

A decisão da juíza Danielle Soares Abeijon foi publicada nesta segunda-feira (4), dia em que se encerra a janela de transferências para o futebol dos Emirados Árabes Unidos. Por isso a pressa e o pedido de urgência vindos por parte do atleta e seu agentes.

Na última quinta-feira, o Botafogo quitou o montante referente aos atrasos do recolhimento de FGTS, o que influenciou na decisão da juíza sobre o pedido de urgência para rescisão contratual. Além disso, Danielle Soares Abeijon destacou que Mezenga não alegou ou comprovou ter notificado o Nova Iguaçu, clube que detém seus direitos federativos, sobre os atrasos por parte do Alvinegro, como determina a Lei Pelé.

Antes do imbróglio, o Botafogo já havia acenado com o interesse em exercer a opção de compra de parte dos direitos econômicos do zagueiro de 19 anos. No entanto, a ação mostra que Lucas Mezenga se sentiu atraído pelo futebol do exterior e queria dar ponto final a sua trajetória como atleta do Glorioso.

Lucas Mezenga tem vínculo com o Botafogo até dezembro de 2021. O zagueiro, que tem quatro partidas pelos profissionais, está emprestado pelo Nova Iguaçu-RJ.

Fonte: O Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui