Lazaroni vê Botafogo com mais volume, mas crê que “ansiedade” comprometeu atuação

0
33

Após uma semana de descanso e mais treinos, o Botafogo não conseguiu a vantagem que almejava no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil e foi derrotado por 1 a 0 pelo Cuiabá no Nilton Santos. O técnico Bruno Lazaroni acredita que o time ainda está vivo na competição e pode garantir a classificação na Arena Pantanal. 

– Infelizmente a ansiedade pelo resultado acabou comprometendo nosso nível de atuação. Independente de qualquer coisa, tivemos um volume grande. Finalizamos 23 vezes, tivemos dez escanteios, 29 cruzamentos na área, mais posse de bola. Foi o primeiro tempo de uma eliminatória, não saímos com o resultado que esperávamos, mas eu tenho convicção que temos condições de reverter na volta. 

“O resultado foi ruim, mas acredito que vamos reverter. Vamos continuar trabalhando, só precisamos de mais eficiência para traduzir a superioridade em gols”.

Com o resultado, o Cuiabá tem a vantagem do empate no confronto de volta. Os times se enfrentam na próxima terça-feira, às 19h, na Arena Pantanal. Vale lembrar que não há gol qualificado nesta edição da Copa do Brasil. Assim, qualquer vitória por um gol de diferença do Botafogo leva a decisão para os pênaltis. 

Outras declarações de Lazaroni:

Lecaros e Babi

– Qualquer jogador no banco de reservas e que tem oportunidade de entrar, se mostrar rendimento vão aparecer novas oportunidades naturalmente. O Babi foi uma opção minha, até então a gente jogava com os dois, Babi sacrificando um pouco e fazendo uma função diferente. Mas tenho confiança nos dois, a competição entre eles é sadia. 

– Todos que estão como suplentes num futuro próximo podem estar jogando desde o início. Infelizmente pecamos nas finalizações. A gente precisa ser eficiente, nosso maior erro até o momento. Volto a frisar que temos o jogo da volta e acredito na capacidade de revertermos o resultado. 

Cícero

– Jogador experiente. Até então eu utilizava o Forster ali improvisado, mas não gosto de avaliar jogador individualmente. Coletivamente em alguns momentos a gente foi bem e em outros nem tanto. Mas é possível corrigir, é só o primeiro tempo dessa decisão. Vamos fortes para o segundo tempo. 

Perda de ímpeto no primeiro tempo

– A gente estava bem posicionado, a partir dos 20 minutos começamos a cometer erros de movimentações. Terminamos com 23 finalizações, 39 cruzamentos contando os escanteios, mas a gente precisa melhorar nossa eficiência para traduzir essa superioridade em gols. 

Tranquilidade 

– Temos um elenco jovem, o time que iniciou é bastante jovem. Kevin, Marcelo, Kanu, Caio Alexandre, Rhuan, Pedro Raul… A ansiedade pela questão de o resultado não vir atrapalha um pouco. Eu tenho procurado passar confiança, mostrar que precisamos traduzir a superioridade em mais eficiência. Tenho confiança e acredito que vamos reverter.

Fonte: ge

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui