Manual preto e branco de como ser rebaixado

0
188

Se existisse um “Manual de como ser rebaixado para a Série B” eu tenho certeza que o Botafogo leu as páginas de cabo a rabo. O clube frente seguido à risca todos os tópicos de como ser rebaixado. Inclusive a gente tem experiência no assunto e esses mesmos fatos de amadorismo ocorreram em rebaixamentos anteriores.

Mas falando de 2020, vamos voltar lá pro início do ano, quando o clube começou começou a trazer contratações bem duvidosas. A temporada começou e fizemos uma campanha BIZONHA no Carioca, onde sequer chegamos às semifinais. Carioca seguiu, Alberto Valentim caiu, e Paulo Autuori foi chamado pra assumir a missão (lembremos que o mesmo já tinha declarado que não gostaria mais de ser técnico).

Pra dar uma gota de esperança no ano, o clube contratou Honda e Kalou e obviamente nosso plantel melhorou. Nos classificamos para as oitavas-de-final da Copa do Brasil, mesmo que paralelamente vimos maus resultados na Série A do Brasileiro. Na época isso me preocupou, porque o time não demonstrava confiança e poder em reagir, caso a corda enrolasse no nosso pescoço.

Seguimos e Autuori deixou o cargo em comum acordo com a diretoria. Técnico alegou respeito pelo Botafogo e não via condições de ajudar mais o clube. Mas e aí? O que fazer? Clube quebrado, sem dinheiro e com poucas opções no mercado? O Botafogo tentou mais uma vez uma solução caseira. Jair Ventura, Tigrão (em anos anteriores)… e agora Bruno Lazaroni.

Assim que assumiu a experiencia de sair de auxiliar pra treinador, Bruno conseguiu fazer com que o time reagisse com boas atuações. Mas foi fogo de palha! Derrotas, diversos empates e tropeços fizeram com que Lazaroni fosse dispensado logo após a derrota de 1 a 0 para o Cuiabá, no primeiro confronto das oitavas. MAS, ACREDITE!!!!!!!!! NO MAIOR TORNEIO DA TEMPORADA DO CLUBE NO MOMENTO o Botafogo foi para um mata-mata decisivo com um treinador de goleiros, Flávio Tênius, comandando o elenco. Vocês sabem onde isso iria dar né ? O clube foi eliminado com um 0x0, sem dar um chute a gol.

E toma-lhe falta de planejamento. Fomos atrás de um novo comandante pra esse barco a deriva. Contratamos Ramón Díaz. Problema resolvido! Mas assim que fechou, o argentino avisou que só poderia assumir mais tarde, por questões de saúde. Voltou pra Argentina e deixou seu filho Emiliano Díaz tocando o trabalho enquanto ele não voltava. Mas nem vai precisar mais voltar!
Após três derrotas consecutivas e se afundar na penúltima posição na classificação do Brasileiro, o clube disse que o argentino pode ficar em casa e mandou seu filho levar as coisas de volta pro país deles.

Ramón Díaz foi demitido, acredite, sem assumir. A família Diaz se diz surpresa e alegou que o clube sabia que o técnico só poderia assumir dia 7 de dezembro. Mesmo assim não teve papo.

Mas quando tudo parece estar perdido, vem mais uma notícia em seguida: Eduardo Barroca foi contratado para tirar o Botafogo do Z4, tentando evitar o terceiro rebaixamento para a Série B. Barroca, que foi recentemente demitido do Coritiba por campanha pífia (inclusive somos parceiros de Z4).

Hoje, com 20 pontos, o Botafogo precisa de 25 pontos em 48 pela frente para escapar do rebaixamento. Mais ou menos precisamos vencer a metade dos jogos que nos restam 🙃.

Eu sinceramente enxergava um certo conformismo da torcida em decretar o rebaixamento do clube em 2020. Depois dessa sexta feira, agora eu acho que nem um milagre nos salva. Espero estar errado!

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui