Mezenga, Juninho e mais: jovens batem à porta de Freeland e podem deixar o Botafogo

0
59

A semana reserva ao Botafogo reuniões importantes para tratar das renovações contratuais do meia-atacante Chay e do centroavante Rafael Navarro. O camisa 14 tem a situação mais tranquila – o Glorioso deve sacramentar a compra de 50% dos direitos econômicos do jogador por R$ 400 mil junto à Portuguesa da Ilha do Governador e contrato em definitivo até 2024.

Com Rafael Navarro, as negociações ainda estão mais complicadas. O contrato vai apenas até o fim do ano, e o Botafogo tem somente 50% dos direitos econômicos. Segundo o portal Torcedores.com, Toluca e Querétaro, ambos do México, fizeram propostas pelo jogador de 21 anos, porém as tratativas não envolvem valores ao clube carioca. 

Além disso, Eduardo Freeland, diretor executivo de futebol do Botafogo, tem que olhar atentamente também para as categorias de base. Como informa o colega Matheus Mandy, há vários garotos promissores do sub-20 – que participaram do vice-campeonato da Copa do Brasil Sub-20 – têm vínculos expirando em General Severiano. 

Hugo, Henrique Luro, Ewerton, Gabriel Conceição, Vitor Marinho, Juninho, Rikelmi, Igo Gabriel e Lucas Mezenga estão a menos de seis meses do fim de seus contratos no Botafogo. Pela lei, assim como Navarro, já poderiam assinar um pré-vínculo com outras equipes e deixarem o clube alvinegro de graça em janeiro. 

Mezenga e Hugo já compõem o elenco de Enderson Moreira na Série B e Juninho, camisa 10, é uma das maiores joias nas divisões de base do clube. Inclusive, o rival Fluminense se interessa em levar o meia para as Larnajeiras, mais um motivo para o Botafogo se engajar nessa empreitada. 

Fonte: Bolavip

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui