Náutico vence e se isola na liderança com 100% de aproveitamento; Bota encara time no domingo

0
43

Quatro jogos e quatro vitórias. Este é o retrospecto do líder Náutico que na noite desta terça-feira manteve os 100% de aproveitamento na Série B do Campeonato Brasileiro. 

Em uma das partidas que abriram a quarta rodada, o time pernambucano fez mais uma vítima, ao vencer por 2 a 0 o Vila Nova-GO, em casa, no Estádio dos Aflitos. Apesar de ter dominado praticamente todos os 90 minutos, cada gol saiu em um tempo do duelo com Vinicius e Bryan.

Com o resultado, o Náutico se mantém isolado na primeira colocação com doze pontos ganhos. Como o Brusque-SC, segundo colocado, teve seu jogo contra o Coritiba desta rodada adiado, a equipe irá continuar na ponta até o final dos jogos da quarta rodada.

Já o Vila Nova conheceu a sua primeira derrota e agora aparece na parte intermediária da tabela com cinco pontos somados.

A partida começou bastante equilibrada no meio-campo, com o Náutico tendo dificuldades na saída de bola e o Vila Nova trocando passes e buscando chegar com perigo ao gol adversário, mas aos poucos o time da casa passou a sobrar em campo e criou diversas chances de abrir o placar. 

Tanto que aos 29 minutos, a bola chegou a balançar as redes em um chute de Camutanga, mas como ele estava impedido no lance, o árbitro invalidou o gol.

Não demorou, porém, para o placar sair do zero definitivamente. Minutos depois, aos 37, Vinícius recebeu um passe açucarado de Kieza, cortou para o meio e bateu cruzado, sem chances para o goleiro Georgemy. 

Já nos minutos finais, aos 45, Jean Carlos teve a chance de ampliar, mas a bola desviou na zaga e acabou indo para fora. Por conta disso, o primeiro tempo terminou com o time pernambucano na frente, vencendo por 1 a 0.

Na volta do intervalo, o Náutico seguiu dominando a partida e controlando o resultado. Aos nove, Jean Carlos teve mais uma boa chance de ampliar.

Depois de um bate rebate na área, o meio-campista ficou cara-cara com o goleiro, mas acabou chutando no pé da trave. No rebote, ele chutou novamente, mas desta vez, o zagueiro Pedro Bambu tirou em cima da linha.

A partir daí, o time da casa sentiu o cansaço e com mais espaço, o Vila Nova cresceu na partida e enfim criou duas boas chances para empatar. Aos 23, Arthur Rezende cobrou falta com perigo e parou em uma boa defesa de Alex Alves.

Já aos 32, Willian Formiga pegou a sobra e bateu firme, da entrada da área, mas a bola saiu rente a trave direita.

Mas nos minutos finais, aos 44, o Náutico deu um banho de água fria no adversário e marcou o segundo com Bryan e decretou a vitória. O lateral ganhou a dividida na linha de fundo, ajeitou a bola e soltou uma bomba indefensável em um chute cruzado.

Os times voltam a campo no próximo final de semana para a disputa da quinta rodada da Série B. No sábado, o Vila Nova-GO recebe o Coritiba, no estádio Aníbal Toledo, às 21h. Já no domingo, o Náutico também joga em casa quando encara o Botafogo, mais uma vez no Estádio dos Aflitos, às 16h.

Fonte: Estadão Conteúdo

SE INSCREVA NO CANAL E VENHA PARTICIPAR DOS NOSSOS PROGRAMAS AO VIVO!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui