Pai de Marcinho diz que filho atropelou casal de professores

    0
    238
    marcinho
    Foto: Vitor Silva

    Sérgio de Oliveira, pai de Marcinho, ex-jogador do Botafogo, confirmou à polícia que o filho dirigia o carro que atropelou um casal na última quarta-feira (30/12), no bairro do Recreio, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

    O lateral chegou com o pai e advogados à 42ª DP (Recreio dos Bandeiras) às 11h desta segunda-feira (4/1), segundo o G1, que obteve informações com o delegado responsável pelo caso, Alan Luxardo. Sérgio contou no depoimento que Marinho não estava sob efeito de álcool e sequer dirigia em alta velocidade.

    O carro, um Mini Cooper, foi abandonado a aproximadamente 600 metros do local do acidente, passou por perícia e, posteriormente, foi guinchado por uma seguradora para o prédio de Sérgio. O veículo está no nome de uma empresa de produtos hospitalares da qual o pai de Marcinho é sócio.

    As vítimas do atropelamento são os professores Maris Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima. Eles atravessavam a Avenida Sernambetiba, na altura do número 17.170 quando forma atingidos pelo carro de Marcinho, que fugiu sem prestar socorros.

    O homem morreu na hora e a mulher foi levada ao Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, onde passou por cirurgia e foi transferida para uma unidade particular. Marcinho se pronunciou por meio de sua assessoria de imprensa e disse estar dando “todo o suporte” aos envolvidos no acidente.

    Fonte: Metrópole

    FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui