Pênaltis marcados contra o Botafogo não seriam marcados há dois anos e não existirão daqui a um ano

0
47

Uma reunião do International Board (IFAB) discutirá na próxima segunda-feira (23) as últimas recomendações para marcações de pênaltis em toques de mão. A Federação Inglesa, primeiramente, depois da UEFA e diversas federações europeias pediram a retirada da recomendação atual e o retorno da antiga. Em vez da longa apostila com detalhes específicos sobre o uso das mãos — ampliar o volume do corpo, por exemplo — a Europa deseja a velha e boa regra que todo mundo conhecia: teve ou não a intenção? 

Por mais subjetivo que seja este conceito, valeu da criação das regras em 1863 até hoje. Por 160 anos, prevaleceu o bom senso. O futebol é um jogo concebido pelo fair play e tem um árbitro escalado para interpretar os lances que a regra determina como… interpretativos.

A reunião do dia 23 deve aprovar uma pauta a ser discutida e aprovada em fevereiro de 2021 e fazer a velha regra voltar. 

Com base nisto, o jornal espanhol El Pais escreveu sobre recente pênalti marcado para o Valencia contra o Real Madrid: “Penal de Lucas Vásquez será marcado daqui a um ano?” A pergunta no título deu lugar à reflexão no texto. A jogada não era pênalti há dois anos e não será daqui a doze meses. 

O mesmo vale para o Botafogo. Por mais que se discutam e que sejam até considerados erros os pênaltis marcados para o Bahia e para o Bragantino, ainda que só sejam possíveis pela atual regra, o Botafogo pode ser rebaixado com interpretações (certas ou erradas) que não existiriam há dois anos e que serão impossíveis daqui a um ano. 

Já é quase certo que a regra velha vai voltar. 

Mas, até lá, vai fazer vítimas. O Botafogo pode ser uma delas.

Fonte: Blog do PVC

FalaGlorioso.Club | Loja com mais de 100 Produtos do Botafogo. Acesse!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui